Confidencial Imobiliário regista 166 novos projetos turísticos no primeiro semestre

Confidencial Imobiliário regista 166 novos projetos turísticos no primeiro semestre

No âmbito da análise ao Pipeline Imobiliário, a Confidencial Imobiliário apurou, a partir dos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE, que nos primeiros seis meses de 2019 “entraram em processo de licenciamento um total de 166 empreendimentos turísticos em Portugal Continental”. Tal carteira considera “todo o tipo de projetos de uso turístico”, podendo abranger desde hotéis a hostels, apart-hotel, residenciais, pousadas, aldeamentos turísticos, unidades de turismo rural ou parques de campismo, entre outros.

De acordo com os dados referentes ao 1.º semestre, as regiões “Norte e Alentejo são as mais dinâmicas”, registando pipelines de, respetivamente, “36 (22%) e 32 (19%) projetos turísticos”, com as restantes regiões a concentrarem carteiras de entre 29 a 20 projetos, ou seja, com quotas que variam entre os 12% e 17%. A Área Metropolitana de Lisboa apresenta um pipeline de “29 projetos” e a Área Metropolitana do Porto de “25 projetos”.

De acordo com a informação enviada pela Confidencial Imobiliário, os projetos turísticos contabilizados no 1.º semestre distribuem-se por 95 concelhos, destacando-se Lisboa, com 13 projetos, e o Porto, com outros 18. Os concelhos de Grândola e Santiago do Cacém, ambos na Costa Atlântica, são também destinos evidentes deste investimento, concentrando pipelines de, respetivamente, seis e cinco novos projetos turísticos no semestre. Vila Nova de Gaia é outro concelho com bastante dinâmica no imobiliário turístico, acolhendo 4 projetos, seguindo-se Matosinhos com 3 projetos, carteira igualada por Cascais, Mafra e Loures, na AM Lisboa; e em Loulé, Castro Marim, Lagoa e Aljezur, todos no Algarve. Outros 14 concelhos registam dois novos projetos turísticos em carteira neste período, acrescendo a esta lista outros 68 municípios em que existe um projeto em carteira.

Em termos acumulados, de janeiro de 2017 a junho de 2019, o pipeline de promoção imobiliária do país regista a entrada em licenciamento de 668 projetos turísticos, numa carteira que ascende a mais de 1,4 milhões de m2. Em termos de dinâmica, o 1.º semestre de 2019 apresenta um crescimento de 23% face a 2018 (considerando a média de 136 projetos lançados por semestre nesse ano) e de 44% face ao ritmo semestral de lançamento de novos projetos turísticos registado em 2017 (nomeadamente de 116 projetos por semestre).