Covid-19: Terminal de Cruzeiros de Leixões já viu canceladas 16 escalas de navios

Covid-19: Terminal de Cruzeiros de Leixões já viu canceladas 16 escalas de navios

Categoria Business, Transportes

O Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, em Matosinhos, viu serem canceladas 16 escalas de navios desde 14 de março até hoje, revelou à Lusa fonte da administração portuária.

Estas escalas foram canceladas pelas próprias companhias de cruzeiro, depois de um despacho conjunto do Governo, publicado a 13 de março, que determina a interdição do desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos nacionais.

Até ao final de abril, o Porto de Leixões tinha previstas 26 escalas de navios de cruzeiro, revelou a APDL.

Já no que concerne à carga, a administração dos portos assumiu não registar, até ao momento, “qualquer abrandamento”, estando Leixões a “operar intensamente”.

No seguimento da evolução da infeção pelo novo coronavirus, a APDL decidiu implementar um plano de teletrabalho e de assistência à família dos seus colaboradores, e de encerrar os serviços de atendimento e de visitas ao público. Assim, suspendeu temporariamente o atendimento na tesouraria, as visitas guiadas e livres, de escolas e de outros grupos ao terminal de cruzeiros, e a realização de eventos, sejam estes direcionados para públicos internos ou externos. Estas suspensões, válidas até ao final do mês de março, serão avaliadas periodicamente, frisou.

“A APDL, no cumprimento das suas responsabilidades enquanto Autoridade Portuária e decorrente do Plano de Contingência da Autoridade Portuária de Leixões, compromete-se a assegurar a globalidade dos seus serviços logísticos, de apoio aos navios, na sua plenitude, promovendo, no entanto, o teletrabalho em todas as funções cujas responsabilidades assim o permitam”, garantiu.

Foto: Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões