Dom Pedro Golf: remodelação e mudança de nome em curso

Dom Pedro Golf: remodelação e mudança de nome em curso

A unidade Dom Pedro Golf, que pertence aos Hotéis Dom Pedro, está a ser alvo de remodelação e vai passar a chamar-se Dom Pedro Vilamoura, avançou à Ambitur Pedro Ribeiro, diretor de vendas e marketing do grupo, na IBTM 2016, uma feira dedicada ao turismo de negócios, que decorreu entre 29 de novembro e 1 de dezembro, em Barcelona.

“Neste momento, em termos de grupo, está fechado para remodelação o hotel Dom Pedro Golf, que vai passar a chamar-se Dom Pedro Vilamoura, o que tem a ver com a estratégia da empresa depois da aquisição dos campos de golfe de Vilamoura”, explicou o responsável de vendas à Ambitur.pt.

Os Hotéis Dom Pedro estão a trabalhar no ‘rebranding’ em termos de grupo para apresentar uma nova estrutura, segundo Pedro Ribeiro, que evidenciou: “vai haver uma ligação forte da área do golfe, há área de hotéis em Vilamoura”. Adiantou ainda que pretendem tornar a unidade “no melhor quatro estrelas da região”.

Balanço 2016

O responsável fez também um balanço de 2016, salientando que foi “um ano que se pode considerar positivo, com uma procura a crescer, uma política de aumento de preço médio que tem dado resultados”.

É no Algarve e na Madeira que regista o maior crescimento. “Em Lisboa continuamos a crescer mas ainda não chegamos aos resultados de 2008. Penso que chegaremos lá em 2017. Na Madeira tivemos um crescimento bastante positivo e no Alarve igual”, ressalvou o hoteleiro.

Em Lisboa o crescimento é menor, com aumentos “na área dos 6 ou 7%”. Neste sentido, Pedro Ribeiro evidenciou: “estamos bem em termos de taxa de ocupação, mas não ainda em termos de preço médio”. Até 2010, o Dom Pedro Palace – que se localiza em Lisboa -, era um hotel “que 70% do seu negócio era MICE”, enquanto hoje em dia, “este setor representa à volta de 30 a 40%”, explicou.

“Enquanto não conseguirmos recuperar e aumentar o preço dos outros segmentos, vai ser difícil o preço médio chegar aos preços que tínhamos em 2008”, declarou o hoteleiro.

O diretor de vendas mostra-se, no entanto, otimista quanto ao ano que se avizinha. “Vamos conseguir ter um ano positivo”, destacou, ressalvando que “as previsões são continuar a crescer”.

“O turismo de negócios é um setor muito importante para nós e no qual focamos parte da nossa promoção. O que já temos confirmado para 2017 é muito positivo”, frisou.