Douro vai avançar com projeto de sinalização turística

Douro vai avançar com projeto de sinalização turística

Categoria Advisor, Home, Política

A Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro) vai avançar com um projeto de sinalização turística e um plano de marketing para projetar o território, num investimento de cerca de três milhões de euros incluído no programa Provere, noticia a Lusa.

O Provere (Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos) vai canalizar 11,8 milhões de euros para o Douro e inclui a concretização de 24 ações. Entre os projetos estão a sinalização turística e um plano de marketing considerados “âncora para o desenvolvimento turístico do Douro”.

Os protocolos referentes a estes dois projetos foram assinados hoje, no Peso da Régua, numa cerimónia presidida pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral. A sinalização turística do Douro tem como objetivo a atualização do plano de sinalização existente e a instalação de sinalização rodoviária de orientação, representando um investimento de cerca de 1,9 milhões de euros.

Nuno Gonçalves, vice-presidente da CIM Douro e da Câmara de Torre de Moncorvo, destacou o projeto que vai permitir colocar uma “sinalética congruente e igual nos 19 municípios” que fazem parte desta comunidade intermunicipal. “Uma sinalética uniforme que permita sabermos quando entramos ou saímos do Douro e não tratarmos o Douro como sub-regiões”, frisou.

O projeto de marketing territorial mobiliza um investimento de 988 mil euros. Para Nuno Gonçalves, este plano visa “promover a marca Douro”. O plano quer “dar a conhecer o que de melhor esta região tem e uniformizar essa promoção dentro e fora de Portugal”, sustentou o autarca.

O Provere para o Douro foi muito criticado a nível local, com os autarcas a queixarem-se que o valor “ficou muito aquém das expectativas”. “Foi o Provere possível, não aquele que os municípios defendiam (…), mas que agora que vão aproveitar em prol da região”, salientou Nuno Gonçalves.