“Em Portugal temos muitos recursos turísticos, mas poucos produtos”

Categoria Home

A inauguração oficial de uma nova unidade hoteleira de cinco estrelas, no Alentejo, o Torre de Palma Wine Hotel, juntou várias entidades turísticas. O presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva, foi uma delas e enfatizou a necessidade de se corresponder aos interesses dos investidores privados turísticos e dos novos turistas (“pós-turistas”) através da transformação dos recursos turísticos das várias regiões do país em produtos.Para o responsável, “o pós-turista é aquele que faz férias pela necessidade e pelo gozo de evasão. Esta é uma nova realidade do turismo perante a qual temos de concertar e estruturar produto turístico”. Para o responsável os destinos nacionais têm muitos recursos turísticos, mas poucos produtos turísticos. “E só com produtos turísticos podemos ajudar claramente o percurso dos investidores privados”, indica o responsável. Ceia da Silva indica então que é isso que se está a fazer no Alentejo; a estruturar, com o apoio do INAlentejo nos fundos estruturais, seis planos operacionais estratégicos “decisivos” para o desenvolvimento da região: o turismo equestre, o sol e mar, turismo de natureza, turismo cinegético, náutico e saúde. O responsável enfatiza que “estamos a preparar este destino para ser muito competitivo, de excelência e termos turísticos”. Por Pedro Chenrim