Emirates opera o primeiro voo com equipas totalmente vacinadas

Emirates opera o primeiro voo com equipas totalmente vacinadas

Categoria Business, Transportes

A Emirates tornou-se uma das primeiras companhia aéreas do mundo a operar um voo com equipas de linha da frente totalmente vacinadas atendendo passageiros em todos os pontos de contacto das suas viagens. Na manhã de domingo, todo o aeroporto e a experiência de passageiro a bordo do voo EK215, que partiu do Dubai às 08h30 com destino a Los Angeles, foi apoiado com segurança pelos funcionários do check-in, segurança, lounge de Primeira Classe e Classe Executiva, porta de embarque, bem como engenheiros, pilotos e tripulação de cabine que optaram por ser totalmente vacinadas.

Apoiando também as operações do voo estavam presentes, e totalmente vacinadas, equipas de carregamento especial da dnata, assim como equipas da SkyCargo a trabalhar nos requisitos de carga e logística para o EK215.

O Grupo Emirates lançou a sua campanha de vacinação há pouco mais de um mês e, desde então, cerca de 26.000 funcionários, correspondente a 44% da força de trabalho de aviação da linha de frente do Grupo nos Emirados Árabes Unidos, receberam ambas as doses das vacinas Pfizer-BioNTech ou Sinopharm.

Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates Airline, afirma: “A nossa força de trabalho operacional está na linha de frente da aviação, ajudando as pessoas a chegarem onde precisam e transportando bens essenciais para as comunidades de todo o mundo. Proteger as nossas pessoas com a vacinação é importante – para eles, para a nossa comunidade, para o bom funcionamento das nossas operações, e também para os nossos passageiros, pois a vacinação apresenta-se como uma camada adicional de proteção quando eles viajam connosco. Vimos uma resposta muito positiva com alta procura e aceitação da vacina contra a COVID-19 por parte dos nossos colegas na linha da frente operacional, e há um fluxo contínuo na taxa de vacinação em toda a empresa. Gostaríamos de agradecer aos líderes dos Emirados Árabes Unidos por disponibilizarem três tipos de vacinas no país e pelo seu compromisso proativo em defender um extenso Programa Nacional de Vacinação”.