Empresas vínicas apresentaram novos produtos na Alimentaria & Horexpo 2015

Terminou ontem, na FIL, em Lisboa, mais uma edição da Alimentaria & Horexpo. Estando Portugal  já no 9º lugar do ranking do comércio internacional de vinhos, as empresas do setor não poderiam deixar de marcar presença neste certame que trouxe ao nosso país centenas de compradores internacionais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alberto da Silva Marques

Alberto da Silva Marques, responsável da Quinta da Laboeira, estreou-se na Alimentaria & Horexpo 2015 com o intuito de “dar a provar e a conhecer os seus vinhos ” aos mercados internacionais . Em destaque, a Quinta da Laboeira, que tem como mercados principais o nacional francês e cabo.verdiano, teve o espumante Bical Chardonnay da Bairrada, “que ainda nem está no mercado”.

 

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ricardo D´Ávila Pereira

Afirmando que, em 2015, a Vidigal Wines deve fechar o ano com resultados 15/20% acima de 2014, Ricardo D´Ávila Pereira, responsável de marketing e vendas da empresa, dá conta de que o grande destaque nesta feira é o “Porta 6”, “um vinho muito bom , a um preço muito bom” (cerca de 2,90 euros) e a marca Brutalis. De acordo com o responsável, a Vidigal Wines pretende “fazer o melhor vinho possível pelo preço mais justo”.

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Carrie Jorgensen

 

Na mesma ocasião, Carrie Jorgensen, responsável da Cortes de Cima, afirmou que esta “é uma feira muito importante porque grande parte dos nossos exportadores marcam presença”. Afirmando que a empresa esteve presente na Alimentaria & Horexpo 2015 para apresentar novidades, como são o Alvarinho 2014, o Cortes de Cima 2012 e a Homenagem a Hans Christian Andersen 2010, o responsável deu conta de que, neste momento, “as vendas estão cerca de 5% abaixo de 2014”, no entanto, “até ao final do ano, que é o nosso grande pico, achamos que vamos atingir os valores de 2014”.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Inês Alves

A Adega do Cartaxo, presente em mais de 30 mercados, mas com especial incidência na China, França e Suíça, apresentou aqui várias novidades. Como explicou Inês Alves, marketing assistant da Adega do Cartaxo, ” temos o Trincadeira que é novidade, temos as novas colheitas dos Reservas, temos um Alicante Bouschet monocasta e um Touriga Nacional”.

Raquel Pedrosa Loureiro