Enigma Nature & Water Hotel abre em junho em São Teotónio

É, de acordo com Jorge Pinto, diretor-geral do Enigma Nature & Water Hotel, a primeira unidade de quatro estrelas do concelho de Odemira e abrirá portas no inicio do próximo mês de junho.

Em construção desde 2013 e com um investimento total de 2,5 milhões de euros, com apoio do QREN, o hotel tem à disposição dos seus clientes 24 quartos (20 duplos, duas suites e um apartamento T2), um auditório, spa, duas piscinas (interior e exterior) e um restaurante gourmet “cujo objetivo é dar a conhecer ao cliente o que de melhor existe de gastronomia na região”.

Ao Ambitur.pt, Jorge Pinto explicou que a unidade vem trazer à região uma oferta que até aqui não existia. Afirmando que “de Tróia até Sagres não existe um hotel desta categoria”, o responsável dá conta que o “objetivo é oferecer ao cliente todo o luxo e conforto de um hotel contemporâneo num ambiente tipicamente rural”. O Enigma Nature & Water estará “muito direcionado para o mercado externo, sobretudo para o norte da Europa”, acrescenta.

O hotel de quatro estrelas pretende ainda dar a oportunidade a quem o visita de usufruir de experiências exclusivas. A ideia, explica Jorge Pinto, é “dar a possibilidade aos clientes de realizarem as suas próprias experiências, ou seja, o cliente tem uma ideia, quer realizar algo que não seja muito comum e nós realizamos”. Poderão ser experiências românticas, ligadas à natureza ou ao desporto, por exemplo, no entanto, “ parte um bocadinho da imaginação de cada cliente”.

Apesar deste ser um hotel direcionado para o segmento de lazer, existe também uma aposta no segmento corporate, estando a unidade equipada com um auditório com capacidade para acolher 50 pessoas e que permite a realização de eventos empresariais de que é exemplo a reunião do Comité de Acompanhamento do Programa Operacional Alentejo 2020 que se realiza na unidade já no próximo dia 25.

O preço médio da unidade, que conta com uma equipa de 15 elementos, rondará os 150 euros por noite.

A Consulstaff – Consultores de Gestão, Lda foi a empresa responsável pela “candidatura da unidade hoteleira ao programa QREN e execução do projeto”.

Raquel Pedrosa Loureiro