Estudo mostra que sustentabilidade e segurança vão ser prioridade para turistas do futuro

Estudo mostra que sustentabilidade e segurança vão ser prioridade para turistas do futuro

Esta é uma das conclusões do estudo lançado pelo IPDT – Turismo e Consultoria que junta a perspetiva dos técnicos superiores e executivos dos Municípios e das Entidades Regionais do Turismo responsáveis pela gestão do setor.

O documento surge no seguimento dos novos comportamentos, necessidades e exigências que devem ser adotados pelos agentes turísticos nas suas políticas de gestão. O objetivo é contribuir para uma melhor tomada de decisão num momento fundamental para preparar o turismo da próxima década. Esta análise pretende ainda sensibilizar as empresas e os agentes turísticos sobre as novas tendências da procura, a necessidade de adaptação dos produtos e serviços turísticos e sobre as prioridades de intervenção a curto-prazo.

“No âmbito do compromisso com o desenvolvimento de modelos positivos de turismo, o IPDT – Turismo e Consultoria lança o e-book ‘Guia para a Retoma do Turismo‘ com o objetivo de contribuir para uma tomada de decisão mais informada dos gestores das empresas e destinos turísticos portugueses”, afirma o Presidente do IPDT, António Jorge Costa.

Segundo as conclusões do inquérito, a sustentabilidade e a segurança sanitária devem ser prioridade na atuação estratégica de todo ecossistema turístico, com destaque para a necessidade da manutenção e criação de postos de trabalho e qualificação dos recursos humanos, garantia dos níveis de qualidade dos serviços e produtos turísticos, aposta em planos de comunicação digital para o turismo e definição de modelos de valorização do património local e cultural.

O e-book “Guia para a Retoma do Turismo” está disponível para consulta no site oficial do IPDT – Turismo e Consultoria e teve como referência um inquérito pioneiro dirigido aos gestores das empresas e destinos portugueses, o Barómetro do Turismo IPDT e vários estudos internacionais de referência.