Europcar Mobility Group Portugal mantém atividade de aluguer de veículos

Europcar Mobility Group Portugal mantém atividade de aluguer de veículos

Categoria Alojamento, Business

O Europcar Mobility Group Portugal anunciou esta quinta-feira que vai manter a sua atividade de aluguer de veículos. A decisão da empresa surge depois do anúncio das medidas para o Estado de Emergência devido ao Covid-19.

De acordo com o documento, citado pela empresa em comunicado, os serviços de aluguer de veículos de passageiros sem condutor (rent-a-car) e de aluguer de veículos de mercadorias (rent-a-cargo) constituem, em determinadas situações, serviços essenciais para a mobilidade de pessoas e bens no atual contexto de pandemia pelo novo coronavírus.

Desta forma, o Governo português autoriza o normal exercício da atividade de aluguer de veículos de mercadorias sem condutor, e o exercício do aluguer de veículos de passageiros apenas em determinadas situações, nomeadamente “para as deslocações excecionalmente autorizadas ao abrigo do Decreto n.º 2 -A/2020, de 20 de março, designadamente, as deslocações para aquisição de bens ou serviços essenciais, nomeadamente medicamentos, e as deslocações por motivos de saúde ou para assistência a outras pessoas”, “para o exercício das atividades de comércio a retalho ou de prestação de serviços autorizadas ao abrigo do Decreto n.º 2 -A/2020, de 20 de março, ou em diploma posterior que autorize aquele exercício”, e “para prestação de assistência a condutores e veículos avariados, imobilizados ou sinistrados”, tal como é descrito no despacho.

Segundo Paulo Moura, diretor geral do Europcar Mobility Group Portugal, “a decisão de dar continuidade aos serviços prestados aos nossos clientes é uma decisão ponderada, através da qual reconhecemos o papel crucial da mobilidade de pessoas e bens na manutenção de aspetos essenciais da vida humana e da própria economia. Juntamente a esta, decidimos adotar um conjunto de medidas de adaptação do negócio à realidade atual e às normas decretadas pelo Governo, nomeadamente no que respeita ao ajuste dos horários das nossas estações e a alterações nas nossas ofertas, sobretudo na criação de uma tarifa especial destinada a profissionais de saúde ou de assistência à população, que inclui quilómetros ilimitados, serviços obrigatórios e ainda o One Way e suplemento condutor jovem, sendo esta uma forma de facilitar a vida das pessoas no caso de saídas imprescindíveis, tais como dar assistência a um familiar ou ir às compras”.

Perante o risco de contágio e propagação do vírus na troca de veículos entre condutores apontado no despacho da Secretaria de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, Paulo Moura explica que “a segurança dos clientes e colaboradores é a principal prioridade do grupo, uma premissa refletida nas medidas de contingência já implementadas e que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde e da Direção-Geral da Saúde. No que respeita aos veículos da Europcar, cada viatura é alvo de uma limpeza intensiva como medida de prevenção. Durante este processo, todas as superfícies são limpas com desinfetantes especiais, sendo que após a desinfeção, o veículo não é aberto de novo. Para além disso, também estão a ser adotadas medidas extras nas nossas principais estações, com a desinfeção sistemática dos balcões após o atendimento de cada cliente e com uma política de “zero contacto” (chave do veículo selada num envelope depois de desinfetada)”.