Eurostat: 90% dos turistas na Europa são da União Europeia

Eurostat: 90% dos turistas na Europa são da União Europeia

Na União Europeia, praticamente 90% das noites turísticas pertencem a residentes na UE, o que significa que os turistas fora da UE apenas representam cerca de 10% do total. E, quando viajam, os europeus gastam quase 85% das suas noites turísticas dentro da UE, com apenas pouco mais de 15% a preferir destinos fora da União Europeia. Estes são os dados do Eurostat, divulgados hoje.
No entanto, o relatório diz também que mais de 300 milhões de noites foram passadas na UE por visitantes de fora da UE em 2014. Com 17,8% e 14,9%, respetivamente, de todas as noites de turistas não-UE a pertencerem a turistas dos EUA e da Rússia. A China representou 5%, o Japão 3,7% e o Brasil 2,5%.
Por outro lado, os EUA (14,1% de todas as noites turísticas passadas fora da UE), Turquia (11,6%) e Suíça (4,9%) foram os três principais destinos de turismo extra-UE dos residentes da União Europeia em 2014.

Turistas não-UE na União Europeia
Representando 17,5% de todas as noites, Itália foi em 2014 o principal destino de visitantes não-UE que estiveram na União Europeia, seguindo-se o Reino Unido (13,9%), Espanha (13,5%) e França (12,2%). Os turistas norte-americanos visitaram essencialmente três Estados-membros: Reino Unido (23,6% de todas as noites passadas por turistas dos EUA), Itália (20,6%) e França (14,8%). Pode-se observar um padrão similar nos visitantes da China que passaram a maioria das noites em Itália (21,4%), Reino Unido (21%) e França (17,6%).Para os visitantes russos, os três principais destinos foram Espanha (18,4%), GRécia (15,2%) e Itália (13,9%), enquanto os japoneses preferiram visitar a Itália (21,5%) e França (21,2%). Os turistas brasileiros passaram as suas noites na União Europeia sobretudo na Itália (23,2%), Portugal (17,9%), Reino Unido (16,4%) e Espanha (15,4%).
Mais noites de turistas não-UE no Chipre

Os turistas que vêm de fora da União Europeia foram especialmente importantes para o Chipre (40,3% de todas as noites), Letónia (31,2%), Bulgária (26,9%), Lituânia (24,2%), Grécia (24%) e República Checa (21,2%). Do lado oposto, esta percentagem foi inferior a 10% na Polónia (5,7%), Roménia (6,7%), Holanda (6,8%), Alemanha (8,1%), Eslovaquia (8,6%), Bélgica (9,8%) e França (9,9%).
Turistas da UE fora da União Europeia
Em 2014, mais de 1 em cada cinco noites foi passada fora da União Europeia por residentes do Reino Unido (28m,4%), Estónia (27,4%), Bélgica (23%), Letónia (21,9%), Alemanha e Luxemburgo (21,1%) e Malta (20,5%). Por outro lado, o turismo extra-UE representou menos de 7% de todas as noites turísticas de residentes da Roménia (1,1%), República Checa e Grécia (6,1%).
Em média, 15,4% de todas as noites turísticas de residentes da UE foram passadas em países fora da UE.