Eurostat: número recorde de passageiros aéreos em 2017

Eurostat: número recorde de passageiros aéreos em 2017

Em 2017, 1.043 biliões de passageiros viajaram de avião na União Europeia (UE), mais 7% do que em 2016 e mais 39% do que em 2009. Neste período, o transporte aéreo de passageiros subiu na UE, segundo os últimos dados do Eurostat. Em 2017, o transporte intra-UE representou quase metade (47%) do total do transporte aéreo de passageiros na UE e o transporte extra-UE mais de um terço (36%), enquanto que o transporte nacional representou menos de um em cada cinco passageiros (17%).

Transporte aéreo de passageiros na UE, em milhões de passageiros (2017)

Maior aumento do transporte de passageiros na Eslovénia, Luxemburgo, Estónia, Bulgária e República Checa
Em 2017, registou-se o maior número de passageiros aéreos no Reino Unido (265 milhões de passageiros), seguindo-se a Alemanha (212 milhões), Espanha (210 milhões), França (154 milhões) e Itália (144 milhões). O número de passageiros aéreos transportados em 2017 subiu em todos os Estados Membros da UE face a 2016.

As maiores subidas registaram-se na Eslovénia (+20%), Luxemburgo, Estónia, Bulgária e República Checa (+19%), Roménia, Croácia e Malta (+18%), à frente da Polónia e Portugal (ambos +17%). Entre os cinco Estados Membros que mais passageiros aéreos transportaram em 2017, as maiores subidas registaram-se em Espanha (+8%) e no Reino Unido (+6%). Globalmente, na UE, o número de passageiros aéreos cresceu em 70.5 milhões (+7%) entre 2016 e 2017, impulsonado pelo aumento do transporte extra-UE (+9%) e intra-UE (+7%).

Heathrow, Charles de Gaulle e Schiphol: o TOP 3 dos aeroportos

London/Heathrow continuou a ser o aeroporto de passageiros mais movimentado na UE em 2017, com 78 milhões de passageiros, ligeiramente acima (+3%) face ao ano anterior. Paris/Charles de Gaulle (69 milhões, +5%), Amesterdão/Schiphol (68 milhões, +8%), Frankfurt/Main (64 milhões, +6%) e Madrid/Barajas (52 milhões, +6%) completam o TOP 5 dos aeroportos que movimentaram mais passageiros na UE. Foram seguidos por Barcelona/El Prat (47 milhões, +7%), London/Gatwick (46 milhões, +6%), Munique (45 milhões, +6%) e Roma/Fiumicino (41 milhões, -2%).

Cada um dos aeroportos que figuram no TOP30 da UE registou um aumento do número de passageiros movimentados em 2017, exceto Berlim/Tegel (-4%) e Roma/Fiumicino (-2%).

As maiores subidas no TOP30 registaram-se em Varsóvia/Chopina (+23%), à frente de Lisboa e Praga/Ruzyne (ambos +19%), Milão/Malpensa e Bruxelas/National (ambos +14%), Málaga/Costa del Sol (+12%), Alicante e Helsínquia/Vantaa (ambos +11%).

Em 2017, London/Heathrow (46 milhões) movimentou mais passageiros no transporte extra-UE e Amesterdão/schiphol (41 milhões) mais no transporte intra-Ue, enquanto Madrid/Barajas (15 milhões liderou no transporte nacional.