Eurostat: Número recorde de passageiros aéreos em 2018

Eurostat: Número recorde de passageiros aéreos em 2018

Em 2018, 1,1 bilião de passageiros viajaram por ar na União Europeia (UE), subindo 6% face a 2017 e 43% face a 2010. Ao longo deste período, o transporte aéreo de passageiros cresceu firmemente na UE, revelam os dados agora divulgados pelo Eurostat. Em 2018, o transporte intra-UE representou quase metade (46%) do total do transporte aéreo de passageiros na UE e o transporte extra-UE mais de um terço (37%), enquanto o transporte nacional representou menos de um em cada cinco passageiros (16%).

Maiores subidas na Lituânia, Letónia, Polónia e Eslováquia
Em 2018, registou-se o maior número de passageiros aéreos no Reino Unido (272 milhões passageiros), seguindo-se a Alemanha (222 milhões), Espanha (221 milhões), França (162 milhões) e Itália (153 milhões).

O número de passageiros aéreos transportados em 2018 subiu em todos os Estados Membros da UE comparativamente a 2017. As maiores subidas registaram-se na Lituânia (+19%), Letónia, Polónia e Eslováquia (todos +16%), à frente da Estónia e Hungria (ambas +14%), Malta (+13%), Luxemburgo (+12%) e Finlândia (+11%), enquanto que o crescimento mais baixo foi na Suécia /+1%), seguindo-se o Reino Unido (+3%), Bélgica, Dinamarca e Holanda (todas +4%). No TOP5 dos Estados Membros em termos de passageiros aéreos transportados em 2018, a maior subida foi registada na Itália (+6%).

Globalmente, na UE, o número de passageiros aéreos aumentou 62,8 milhões (+6%) entre 2017 e 2018, impulsionado pelo crescimento no transprte extra-UE (+9%) e intra-UE (+5%).

O TOP3 dos aeroportos
London/Heathrwo continuou a ser o aeroporto de passageiros mais movimentado da UE, com 80 milhões de passageiros, subindo ligeiramente (+3%) face a 2017. Paris/Charles de Gaulle (72 milhões, +4%), Amesterdão/Schiphol (71 milhões, +4%), Frankfurt/Main (69 milhões, +8%) e Madrid/Barajas (56 milhões, +9%) completam o TOP 5 dos aeroportos mais movimentados da UE.

São seguidos por Barcelona/El Prat (50 milhões, +6%), Munique (46 milhões, +5%), London/ Gatwick (46 milhões, +1%), Roma/Fiumicino (43 milhões, +5%) e Paris/Orly (33 milhões, +3%).

Cada um dos 30 principais aeroportos da UE registou um aumento no número de passageiros em 2018, exceto Hamburgo (-2%) e Düsseldorf (-1%). As maiores subidas no TOP 30 registaram-se em Budapeste/Liszt Ferenc Int. (+14%) e Varsóvia/Chopina (+13%), à frente de Athinai/Eleftherios Venizelos, Viena/ Schwechat e Helsínquia/Vantaa (todos com +11%), Milão/Malpensa (+10%), Praga/ Ruzyne, Lisboa e Madrid/Barajas (todos +9%).

Em 2018, London/Heathrwo (48 milhões) movimentou o maior número de passageiros extra-UE e Amesterdão/Schiphol (42 milhões) o maior número intra-UE, enquanto Madrid/Barajas (16 milhões) liderou no transporte doméstico.

Foto ANA - Aeroportos de Portugal