Eventos: “O mundo despertou para as aplicações de webconference de forma exponencial”

Eventos: “O mundo despertou para as aplicações de webconference de forma exponencial”

Categoria Business, Empresas

A Click and Play serve tecnologia para eventos e o seu diretor geral, Nuno Carvalho, acredita que o futuro são os eventos híbridos, explorando as mais-valias do contacto presencial e da tecnologia, e dá conta do crescimento exponencial que as aplicações de webconference têm tido a propósito do confinamento a que fomos sujeitos. 

Para Nuno Carvalho, que participou na última Tourism Talks, da Message in a Bottle, as “guerras e pandemias mudam o mundo” e, no seu entender, “a forma de comunicarmos mudou para sempre” pós Covid-19. Os eventos híbridos deixam de ser uma novidade e as aplicações de webconference ganham uma nova vida: “Não se inventaram em 2020 mas o mundo despertou para estas aplicações, de forma exponencial, nos últimos meses”, frisa. No caso do Zoom, a app passou da cifra dos 10 milhões de utilizadores em dezembro de 2019  para 300 milhões no mês passado.

O que mudou foi que “passámos a ter público que sabe usar estas aplicações”, o que permite alcançar maior audiência e interação, dar mais visibilidade aos patrocinadores, otimizar custos e medir os resultados. “Criámos um novo hábito”, resume o diretor da Click and Play, que permite que os eventos tenham “pessoas ao vivo e a restante audiência virtual”.

O responsável defende que “o virtual e o real vão estar de mãos dadas muito em breve” e que “isso pode ser uma grande ajuda para os eventos”. O desafio é “arranjar um equilíbrio” para que ambos cresçam e progridam. Por fim, Nuno Carvalho assegura que não há risco dos eventos acabarem, pelo contrário serão cada vez mais, pois “as pessoas fazem falta e o ser humano interage com pessoas”.