Faro recebe Congresso APECATE em fevereiro 2020

Faro recebe Congresso APECATE em fevereiro 2020

Categoria Agenda, Inside

Foi apresentado no Salão Nobre do Município de Faro o 8º Congresso da APECATE, que irá decorrer na capital algarvia, nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2020, subordinado ao tema “Turismo & Democracia”.

A APECATE, Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, representa diversos setores da indústria turística onde se incluem empresas que concebem, desenvolvem e realizam produtos e serviços inovadores e de grande interesse estratégico para a economia portuguesa, e escolheu realizar pela primeira vez na região algarvia o seu evento anual.

O 8.° Congresso da APECATE conta com o apoio do Município de Faro, e de diversos outros parceiros públicos e privados locais, que tornaram possível reunir as condições necessárias para receber este importante acontecimento anual da indústria turística.

Durante dois dias, os mais de 200 participantes de empresas nacionais especializadas em eventos de animação turística, para além de discutirem temas de relevante interesse para o setor da atividade turística, poderão visitar e experienciar os principais produtos turísticos que o destino Faro tem para promover aos visitantes e turistas, com destaque para o património histórico, arquitetónico, a cultura, a gastronomia, o lazer, e em particular o turismo de natureza com a beleza das ilhas Deserta, Culatra, Farol, e de Faro, localizadas no Parque Natural da Ria Formosa.

A procura turística em Faro confirma a sua centralidade e importância estrutural na Região, correspondendo a cerca de 6% da procura regional. Em termos de evolução de alojamento no concelho, a capacidade de oferta passou de 2.010 em 2014 para 6.593 em 2019 (até setembro), correspondendo a um total de 731 unidades de alojamento (76 em 2014). Em termos de dormidas registadas no concelho, regista-se um aumento em todas as tipologias de alojamento – dados oficiais: 544.676 dormidas em 2018 mais 28.526 do que 2017, equivalente a um aumento de 5,52%.