#Formação: “O futuro é uma mistura de presencial e de digital”

#Formação: “O futuro é uma mistura de presencial e de digital”

Categoria Advisor, Formação

De um dia para o outro, todas as instituições de ensino foram obrigadas a converter a dita aprendizagem normal em formato digital. Céline Abecassis-Moedas, diretora da Formação de Executivos da Católica Lisbon School of Business & Economics, afirma à Ambitur.pt que esta mudança abrupta terá, certamente, um impacto no futuro.

“Não há caminho de volta”, expressa a docente, afirmando que diversas áreas do ensino estão a ser transferidas para o digital e “nunca mais voltarão a ser presenciais”. No entanto, acredita que o ensino continuará a ver as aulas presenciais como uma “parte essencial de todo o processo”, tornando-se um complemento: “O futuro é uma mistura de presencial e de digital”.

Neste contexto, cabe às instituições e universidades capacitar os estudantes com outras skills: “Teremos que ensinar mais e melhor (os alunos) como trabalhar e comunicar online”, sustenta Céline Abecassis-Moedas, que acredita que esta necessidade é cada vez mais urgente, com “muitas partes da economia” a digitalizarem-se. Além do ensino, a professora universitária dá como exemplo desta mudança de paradigma o setor da saúde: “Atualmente, médicos e pacientes estão a fazer consultas online”.

E usando das possibilidades que a tecnologia coloca ao dispor, o atual momento que o turismo atravessa pode ser bom para pôr em prática a formação: “Os trabalhadores podem aproveitar e desenvolver as suas habilidades em termos de atendimento ao cliente”. Este período também pode ser usado pelos colaboradores para melhorarem as suas “habilidades sociais”, desde a “empatia” ou o “marketing”, exemplifica.

Cristiana Macedocovid 19