Globaldata diz que “problemas internos” são um dos motivos da queda dos lucros da Ryanair

Globaldata diz que “problemas internos” são um dos motivos da queda dos lucros da Ryanair

Categoria Business, Transportes

Após o lançamento dos resultados da Ryanair no primeiro trimestre de 2019, Johanna Bonhill-Smith, analista de Viagens e Turismo da GlobalData, empresa especialista em dados e análise, considera que, apesar da incerteza do Brexit e a proibição de voo do modelo Boeing 737 Max no espaço aéreo europeu tenham contribuído para a diminuição de 21% dos lucros da companhia no primeiro trimestre, “os problemas internos e contínuos na empresa são a maior ameaça aos resultados do segundo trimestre”.

Segundo a análise da GlobalData, o especialista afirma que a Ryanair “precisa mais do que nunca do apoio do staff”, notando que a empresa “é das mais afetadas com greves de tripulantes de cabine e pilotos, à Associação Britânica de Pilotos de Aviação (BALPA), em agosto em todo o Reino Unido e Irlanda”.

Face a este cenário, existe uma “necessidade urgente da companhia aérea colaborar com a BALPA e com outros sindicatos relevantes para encontrar uma solução rápida. Não há momento mais importante para a companhia aérea do que ter o apoio de toda a equipa interna”, remata Johanna Bonhill-Smith.