Golfe do Belas Clube de Campo cresce 20% nos primeiros cinco meses de 2018

Golfe do Belas Clube de Campo cresce 20% nos primeiros cinco meses de 2018

Categoria Business, Golfe

A celebrar este ano o 20º aniversário do seu Clube de Golfe, o Belas Clube de Campo registou, entre janeiro e maio deste ano, um significativo aumento de cerca de 20% em número de voltas do campo de Golfe. Já em maio, o Belas teve o maior crescimento verificado na região de Lisboa em número de voltas, com um aumento de 33,6% em relação ao período homólogo de 2017. Um número que comprova a relevância e o peso do campo de Golfe do Belas, que alcançou ao longo dos anos o estatuto de melhor greens da região de Lisboa, atraindo um número cada vez maior de praticantes da modalidade, tanto nacionais como estrangeiros, refere em comunicado.

“Parte deste crescimento decorre de uma aposta do Grupo André Jordan no fomento do Golfe junto dos jovens jogadores, com a constituição de uma equipa do Clube que marca presença em torneios de referência da modalidade, nomeadamente no circuito de alta competição”, explica Paul Saunders, diretor do Golfe. ”É com orgulho que vemos jovens jogadores que fazem parte do programa de formação juvenil da Academia de Golfe do Belas Clube de Campo, integrar a equipa da Selecção Nacional de Golfe”, remata.

Recorde-se que a Academia, liderada por Marcos Rios desde 2009, conta com uma equipa de profissionais que integra a campeã brasileira de Golfe Clara Teixeira e, de entre os mais de 500 alunos que a frequentam, um quarto são jovens com menos de 18 anos, o que evidencia o compromisso do Clube com o futuro. No último ano, a Academia registou ainda um aumento de 12% do número de senhoras praticantes de Golfe, assegurando assim o desenvolvimento da modalidade através da aposta em novos públicos, com um grande potencial de crescimento.

O Clube de Golfe do Belas Clube de Campo apresenta assim uma oferta ímpar no quadro da modalidade em Portugal, assente naquele que é considerado um dos melhores campos de Golfe do País. O campo de 18 buracos, desenhado pelo conceituado arquiteto americano, Rocky Roquemore, foi integrado na paisagem natural tendo, desde a sua fase de construção, um elevado sentido de minimização dos impactos ambientais. Esta estratégia permitiu ao golfe do Belas Clube de Campo ser o primeiro campo de golfe da Europa a possuir a bandeira ISO e o primeiro em Portugal e na Península Ibérica a obter a certificação GEO (Golf Environment Organisation), para além de ser distinguido pela National Geopraphic, como um dos 10 campos do mundo com melhores práticas de gestão ambiental.