Grupo Pestana inaugura Pousada Vila de Óbidos

Grupo Pestana inaugura Pousada Vila de Óbidos

É no centro da Vila de Óbidos, com vista para as muralhas, que o Pestana Hotel Group ergue uma nova pousada, a Pousada da Vila, que foi ontem inaugurada.

A Pousada Vila de Óbidos situa-se no espaço onde funcionava o antigo hospital da Santa Casa da Misericórdia, posteriormente utilizado como atelier criativo, a apenas três minutos a pé do Castelo de Óbidos. O contrato de arrendamento entre a Santa Casa e o Grupo Pestana foi assinado em agosto de 2017 e, passados menos de 10 meses, as obras estão concluídas.

Divididos por três pisos, encontram-se 17 acolhedores quartos, com três tipologias — Clássico, Superior e Premium. A pousada conta, ainda, com uma área de pequenos-almoços e com um pátio interior, onde se encontra um pequeno limoeiro que acabou por se tornar um dos símbolos da pousada.

Abertura-Óbidos-2
Quarto-323-(7)
Abertura-Óbidos-3
Abertura-Óbidos-20
Abertura-Óbidos-58
Abertura-Óbidos-60

A Pousada da Vila terá um segundo núcleo, que está a ser desenvolvido na Estalagem de Lidador e que será composto por 11 quartos. As obras deverão estar concluídas no final deste ano e a abertura deve ser feita no início de 2019. O investimento total, das duas pousadas, é de dois milhões de euros.

A Pousada do Castelo, a mais antiga da rede e a primeira a ser construída no interior de um monumento, é composta por 19 quartos. No total, o Grupo Pestana terá 47 quartos em Óbidos, tornando-se o maior grupo hoteleiro presente na vila.

“Um momento muito especial”

Durante o evento, Luís Castanheira Lopes, presidente do Grupo Pestana Pousadas, frisou que, desta forma, “prosseguimos o historial das Pousadas, na recuperação do património classificado e na criação de um produto turístico de qualidade e diferenciado, exemplo do que vem sendo feito desde há mais de 75 anos”.

“Óbidos tem um grande significado no trajeto das Pousadas, pois aqui se localiza o seu próprio protótipo: a Estalagem de Lidador, que serviu de esboço às pousadas dos anos 40. Tal como aqui se encontra o primeiro exemplar de pousada instalada em monumento nacional, a Pousada do Castelo”, prosseguiu.

Dionísio Pestana, presidente do Grupo Pestana, considerou: “É um momento muito especial porque, normalmente, o Grupo Pestana faz hotéis com dimensões maiores, mas quando aparece um diamante destes… Estamos cá há 15 anos mas só agora apareceu uma oportunidade de poder investir numa unidade destas”.

“Óbidos é dos destinos mais procurados, fora de Lisboa e Porto. A Pousada do Castelo está sempre cheia, tem a melhor ocupação das pousadas, e conseguir duplicar a oferta é uma coisa fantástica. É um momento muito especial”, acrescenta o presidente do grupo.

O Grupo Pestana espera, agora, receber “luz verde” da Enatur – Empresa Nacional De Turismo, para prosseguir o seu plano de expansão e acrescentar três novas pousadas, ainda sem localização definida, à sua rede até 2028.

Ambitur esteve em Óbidos, a convite do Pestana Hotel Group