Grupo SANA Hotels investe mais de 400 milhões de euros e avança em Tbilisi e Porto

Grupo SANA Hotels investe mais de 400 milhões de euros e avança em Tbilisi e Porto

Categoria Alojamento, Business

O Grupo SANA Hotels está numa fase de crescimento. Isso mesmo confirmou à Ambitur.pt Carlos Neves, administrador do grupo, à margem do 31º Congresso Nacional da Hotelaria, que termina hoje em Viana do Castelo. “Temos vários projetos planeados para os próximos quatro a cinco anos, que superam um investimento de 400 milhões de euros, em 10 unidades hoteleiras”, frisou.

Em Lisboa, mais concretamente, na Rua do Ouro, o grupo adquiriu dois edifícios para dois novos hotéis; na Avenida Fontes Pereira de Melo dois projetos para os três edifícios dos “graffitis”; a ampliação do SANA Lisboa, que já está em curso; o Quartel da Graça, no âmbito do Revive; e ainda a requalificação do Hotel Paris, no Estoril.

No Porto, está em licenciamento um projeto em Vila Nova de Gaia, mais um “Evolution” e Carlos Neves admite que “estamos a olhar para outras áreas”, explicando ainda que “este projeto não está inserido no bloco dos investimentos para os próximos quatro a cinco anos”.

Em Marrocos, a SANA tem em curso dois projetos, em Casablanca – um Epic e um Evolution – que deverão abrir dentro de dois anos.

Lá fora, o grupo tem em ainda um projeto em Tbilisi, capital da Geórgia, “que já está consolidado e cuja construção começará muito em breve”, explica Carlos Neves.

O responsável refere que, na grande maioria, serão hotéis que se enquadram no conceito “Evolution”, à exceção dos projetos da Rua do Ouro e da Avenida Fontes Pereira de Melo, que serão hotéis cinco estrelas, e do Quartel da Graça.

Pedro Chenrim, no 31º Congresso AHP, em Viana do Castelo