Grupo Turim reforça aposta na restauração com Restaurante Salitre

Grupo Turim reforça aposta na restauração com Restaurante Salitre

Categoria Business, Restauração

O Grupo Turim Hotels abriu recentemente, no passado dia 26 de março, o seu primeiro hotel cinco estrelas: o Turim Boulevard, em plena Avenida da Liberdade, em Lisboa. Um dos espaços-chave do hotel é o Restaurante Salitre, para clientes e transeuntes, que marca a aposta do grupo outra unidade de negócio, a restauração.

Embora fique situado no edifício do Turim Boulevard, o Restaurante Salitre além da entrada pela receção do hotel conta também com uma porta independente para a Rua do Salitre, porta n.º 28, de forma a combater “o estigma de ir almoçar a um restaurante de hotel” que pode ser considerado mais caro e requintado, como explica Ricardo Martins, CEO do Grupo Turim.

O Salitre abriu à cerca de duas semanas, em soft opening, pelas mãos do Chef executivo Nuno Queiroz — e da sua equipa de 10 pessoas — que confeccionou uma ementa de 29 pratos, inspirada na dieta mediterrânea e na cozinha tradicional, dando-lhe um toque mais arrojado e saudável, com os pratos a ter um baixo teor de sal e as sobremesas sem adição de açucares refinados. Ao almoço há menus a pensar no cliente corporate com o custo de 19.50 euros (com bebidas à parte), com pratos tão portugueses como favas e leitão, além da habitual carta e ainda do buffet.

O CEO argumenta que o Grupo pretende ser “pragmático naquilo que é a oferta da restauração”, com autonomia e sustentabilidade. Ricardo Martins acredita que o estigma do restaurante de hotel resolve-se com cartas diversificadas e clientes diferentes, mais direcionados para o lifestyle.

De recordar que o Grupo Turim conta já com quatro restaurantes, e três marcas, que são eles: além do Salitre, o japonês Tsubaki (nos hotéis do Saldanha e do Marquês), o dUk – Pizzeria & Steakhouse e o Glory Pizzeria. Irá ser criado um programa de fidelização — o Turim Business Launch Card — que oferece 10% de desconto nestes espaços.

Rita Inácio