Grutas da Moeda: A beleza das formações calcárias

Grutas da Moeda: A beleza das formações calcárias

Em 1971, dois caçadores que perseguiam uma raposa deram com uma gruta, no meio da floresta, onde as formações calcárias se distribuíam por várias galerias de enorme beleza. Após vários meses de exploração, e três anos de preparação, abrem ao público as Grutas da Moeda, em 1974, em São Mamede, a apenas três minutos do Santuário de Fátima e a 15 minutos do Mosteiro da Batalha.

Aqui o visitante pode percorrer 12 galerias naturais repletas de fantásticas formações calcárias que se estendem por 350 metros, a uma profundidade de 45 metros abaixo da cota de entrada. A temperatura no interior ronda os 18ºC durante todo o ano, por isso não esqueça um agasalho. Pode ainda conhecer o Centro de Interpretação Científico-Ambiental e descobrir como se forma uma gruta e de que forma interage com a biodiversidade local, bem como entender a importância do calcário na região e de que modo influencia as suas gentes. Não deixe de admirar a exposição de minerais e fósseis de Portugal e de outros países, terminando a visita com um licor regional.

Visitas: www.grutasmoeda.com/ 244703838/ marisa.santos@grutasmoeda.com