Hotéis Real investem mais um milhão de euros na recuperação do Santa Eulália em 2016

Hotéis Real investem mais um milhão de euros na recuperação do Santa Eulália em 2016

2016 será para o grupo Hotéis Real um ano de “consolidação”. Em entrevista ao Ambitur.pt, à margem do World Travel Market, António Gonçalves, administrador do Grupo Hotéis Real, afirmou que no próximo ano o grupo continuará o investimento na “recuperação dos seus melhores hotéis”. “Estamos desde 2013 a apostar na recuperação dos nossos melhores hotéis, são hotéis com 12 anos, mudámos muita coisa, recuperámos os spas, criámos uma nova marca que tem tido resultados muito positivos, em 2015 cresceram cerca de 15% face a 2014”, começou por explicar o responsável, acrescentando que, no próximo ano, o grupo continuará a aposta na recuperação do Grande Real Santa Eulália Resort & Hotel Spa, que representa “cerca de um terço da faturação do grupo”. Até à data, foram já investidos dois milhões de euros nesta unidade. Em 2016, o grupo investirá mais um milhão.

A já anunciada nova unidade do grupo em Lisboa abrirá portas apenas em 2017.

Grupo cresce 11% e 2015

2015 chega ao fim com resultados positivos e “acima do esperado”, “com números a crescer a dois dígitos em termos de grupo”. Para o responsável, os números são “muito simpáticos, se pensarmos que é um grupo em que uma parte dos hotéis já tem 10/12 anos de mercado, portanto, são crescimentos bons alavancados em preço médio e não em ocupação, ou seja, a inverter uma tendência dos últimos anos de fazer crescer mais pelo preços e menos pelo volume”. O Grande Real Vila Itália e o Grande Real Santa Eulália são os hotéis que mais contribuem para estes resultados.

Em 2016, o grupo prevê continuar a crescer. “O mercado em Portugal está a beneficiar cm aquilo que se está a passar em outros mercados, nomeadamente no Norte de África, temos que tirar vantagem disso, mas acho que cima de tudo, temos de consolidar aquilo que temos de bom em Portugal que é o serviço, a entrega, a hospitalidade. Estamos todos a fazer um bom trabalho no sentido de dar qualidade ao produto Portugal”, afirmou.

Raquel Pedrosa Loureiro