Hotel Quinta do Lago: Mercado nacional com procura acrescida por um “Algarve novo”

by Redação Ambitur | 5 Junho 2020 15:29

No âmbito do Webinar Ambitur “Algarve no Horizonte”, que se realizou esta quarta-feira, com o apoio da Região de Turismo do Algarve, Daniel do Adro, diretor do Hotel Quinta do Lago, confirmou desde logo que nunca deixou de existir “vontade de viajar” e sinal disso é que “quem reservou ainda antes do início da pandemia não tem procurado cancelar as reservas” para o verão, sobretudo “aqueles que já conhecem o Algarve” e que têm perspetivas de ainda usufruir das suas férias. Apesar das reservas não serem canceladas, “a procura teve uma queda abrupta e completa” e “não irá de encontro ao que é um ano normal”.

Assim, as expectativas do Hotel Quinta do Lago “estão muito fundadas no que tem sido um evoluir de semana para semana” e o certo é que “o mercado nacional tem correspondido”, com “uma procura acrescida comparada com anos anteriores”, realça o responsável. Em termos do turismo internacional, Daniel do Adro antecipa “alguma abertura internacional mas que será, em todo o caso, mais residual quando comparada com anos anteriores”.

O responsável admite: “Tenho um prazer particular em receber os nossos turistas nacionais porque acho que são os primeiros embaixadores de um destino.” Daniel do Adro defende que “até para o turista estrangeiro ver as famílias portuguesas no Algarve dá-lhe um enorme prazer porque é a autenticidade de um destino”. Em suma, “se os verdadeiros conhecedores do destino escolhem o Algarve, é um voto de confiança que vale muito e que é um selo de qualidade inigualável”.

Segundo o diretor desta unidade hoteleria algarvia, há também um “potencial de clientes que já não vinham para o Algarve há algum tempo” por terem uma “imagem que já estava desfasada com a realidade” da região e que podem vir “reconhecer um Algarve novo”, nomeadamente, com “um serviço excecional” fruto de uma ocupação mais reduzida que permite “a possibilidade de surpreender e angariar um cliente que é para a vida”.

Como manter um nível de serviço de proximidade?

O maior desafio para o Hotel Quinta do Lago é manter a “proximidade do nosso serviço”, tão reconhecida pelos seus clientes, visto que “hoje em dia é tudo aquilo que não queremos que aconteça”. Será preciso “reinventar” e mudar o mindset na medida em que “temos de tornar óbvio aquilo que passámos anos a ocultar”, isto é, “o que dava mais gozo aos hoteleiros era criar magia numa unidade sempre imaculada sem que o cliente percebesse”. O responsável reflete que “a hotelaria tem tido um fator educativo” na pandemia ao adotar, de imediato, um conjunto de normas internacionais.

Para Daniel do Adro, embora alguns clientes estejam mais “descontraídos” e outros “procurem identificar aquilo onde vamos mais além das normas”, o cliente não é diferente nem houve uma alteração nos seus valores fundamentais. Vão procurar as mesmas valências mesmo com “condicionantes”.

Source URL: https://www.ambitur.pt/hotelquinta-do-lago-mercado-nacional-com-procura-acrescida-por-um-algarve-novo/