IATA: Recuperação moderada na procura em setembro

IATA: Recuperação moderada na procura em setembro

A IATA anunciou uma recuperação moderada nas viagens aéreas em setembro de 2021, comparando com o desempenho de agosto. Isto deve-se à recuperação dos mercados domésticos, especialmente na China, onde algumas restrições às viagens foram levantadas após os surtos de Covid-19 em agosto. Contudo, a procura internacional deslizou ligeiramente face ao mês anterior.

A procura total de viagens aéreas em setembro de 2021 (medida em RPKs) diminuiu 53,4% face a setembro de 2019. O que representa uma aceleração face a agosto, quando a procura esteve 56% abaixo dos níveis de agosto de 2019.

Os mercados domésticos caíram 24,3% em relação a setembro de 2019, uma melhoria significativa face a agosto deste ano, quando o tráfego estava 32,6% abaixo relativamente há dois anos. Todos os mercados melhoraram, à exceção do Japão e da Rússia.

A procura de passageiros internacionais em setembro estava 69,2% abaixo de setembro de 2019, ligeiramente pior do que o declínio de 68,7% registado em agosto.

O tráfego internacional de setembro das companhias áreas europeias caiu 56,9% face a setembro de 2019, diminuindo um ponto percentual quando comparado com a queda de 55,9% em agosto face a igual mês de 2019. A capacidade diminuiu 46,3% e o load factor caiu 17,2 pontos percentuais para 69,6%.