IATA: Viagens aéreas em junho continuam muito abaixo dos níveis pré-Covid

by Inês Gromicho | 28 Julho 2021 15:06

A IATA anunciou hoje o desempenho da procura de passageiros no mês de junho de 2021, revelando uma melhoria muito ligeira tanto nos mercados aéreos internacionais como domésticos. A procura permanece significativamente abaixo dos níveis pré-Covid devido às atuais restrições de viagens internacionais, refere a associação.

A procura total por viagens aéreas em junho deste ano diminuiu 60,1% face a junho de 2019, o que foi uma ligeira melhoria face à queda de 62,9% registada em maio de 2021 face a maio de 2019.

A procura de passageiros internacionais em junho esteve 80,9% abaixo dos valores de junho de 2019, mesmo assim uma subida do declínio de 85,4% observado em maio. Todas as regiões, à exceção da Ásia Pacífico, contribuíram para este aumento ligeiro da procura.

A procura doméstica total diminuiu 22,4% em relação aos níveis pré-pandémicos, um leve aumento relativamente à descida de 23,7% de maio. A performance dos principais mercados domésticos contou com a Rússia a demonstrar uma forte expansão enquanto que a China regressou a território negativo.

“Estamos a assistir a um movimento na direção certa, especialmente em alguns mercados domésticos chave. Mas a situação das viagens internacionais não está nem perto de onde precisamos que esteja. Junho deveria ser o início da época alta, mas as companhias aéreas demonstravam apenas 20% dos níveis de 2019. Isto não é uma recuperação, é uma crise permanente provocada pela inação governamental”, refere Willie Walsh, diretor geral da IATA.

As companhias aéreas europeias viram o tráfego internacional do mês de junho cair 77,4% face a junho de 2019, uma subida face à diminuição de 85,5% de maio. A capacidade decresceu 67,3% e o load factor 27,1 pontos percentuais para 60,7%.

Source URL: https://www.ambitur.pt/iata-viagens-aereas-em-junho-continuam-muito-abaixo-dos-niveis-pre-covid/