INE: Atividade turística registou 1,6 milhões de hóspedes e 3,9 milhões de dormidas em fevereiro

by Rita Inácio | 30 Março 2020 11:27

A atual pandemia está a condicionar a atividade da generalidade dos setores económicos, a nível nacional e mundial, particularmente do turismo. Dada a preocupação que se está a gerar sobre este setor, o INE – Instituto Nacional de Estatística decidiu divulgar[1] antecipadamente, de forma excecional, estatísticas sobre a atividade turística em fevereiro de 2020 baseadas na informação primária já recolhida até 24 de março no âmbito do Inquérito à Permanência de Hóspedes na Hotelaria e outros alojamentos. Esta divulgação não inviabiliza o destaque da atividade turística em fevereiro, agendado para 15 de abril, nos moldes habituais.

Compreendendo a gravidade das circunstâncias, o INE apela ainda assim para que as empresas continuem a responder ao inquérito, que vai incluir questões visando caracterizar a situação atual. Este apelo é motivado pela necessidade de informação para avaliar o impacto da pandemia e para a implementação de políticas públicas consequentes.

De acordo com a estimativa rápida, em fevereiro de 2020, o setor do alojamento turístico deverá ter registado 1,6 milhões de hóspedes e 3,9 milhões de dormidas, aumentando 16% e 15,3%, respetivamente (+12,2% e +7,6% em janeiro, pela mesma ordem). As dormidas de residentes terão aumentado 27,2% (+12,1% em janeiro) e as de não residentes terão crescido 10,0% (+5,6% em janeiro).

Em fevereiro de 2020, o setor do alojamento turístico deverá ter registado 1,6 milhões de hóspedes e 3,9 milhões de dormidas, correspondendo a variações de +16,0% e +15,3%, respetivamente (+12,2% e +7,6% em janeiro, pela mesma ordem). As dormidas de residentes aumentaram 27,2% (+12,1% em janeiro) e as de não residentes cresceram 10,0% (+5,6% em janeiro). Os hóspedes residentes terão sido 777,6 mil, o que se traduziu num acréscimo de 23,9% (+12,9% em janeiro) e os hóspedes não residentes terão atingido um total de 828,4 mil e aumentaram 9,5% (+11,6% em janeiro).

Estes resultados foram influenciados pelo efeito do período de Carnaval, que este ano ocorreu em fevereiro e no ano anterior ocorreu em março. Adicionalmente há também que considerar outro efeito de calendário, dado que fevereiro teve 29 dias em 2020, mais um que em 2019.

A maioria dos principais mercados emissores registou crescimento em fevereiro, destacando-se os aumentos registados pelos mercados espanhol (+41,4%), canadiano (+32,8) e brasileiro (+32,4%). Já influenciado pelos efeitos da COVID-19, o mercado chinês registou um decréscimo de 51,3% em fevereiro.

Endnotes:
  1. divulgar: https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_destaques&DESTAQUESdest_boui=425503809&DESTAQUESmodo=2

Source URL: https://www.ambitur.pt/ine-atividade-turistica-registou-16-milhoes-de-hospedes-e-39-milhoes-de-dormidas-em-fevereiro/