LATAM retoma voo diário São Paulo – Lisboa em janeiro de 2022

LATAM retoma voo diário São Paulo – Lisboa em janeiro de 2022

A LATAM tem atualmente seis voos semanais para Portugal e, segundo avançou Thibaud Morand, diretor-geral para a Europa da companhia aérea à Ambitur.pt, a intenção é retomar um voo diário na rota de São Paulo – Lisboa já a partir de janeiro de 2022. O responsável explica que a proposta da LATAM foi sempre “ser a melhor opção para voar entre a Europa e a América do Sul” e que assim continuará a trabalhar, “mantendo-nos atentos a todas as oportunidades de abrir novas rotas”.  Para já, o gestor acredita que seja possível “retomar as operações completas a níveis pré-pandémicos assim que as condições sanitárias e governamentais o permitam”.

Analisando a procura do mercado português, e também a nível global, Thibaud Morand esclarece que “tem havido crescimento” mas admite ser “difícil prever a recuperação em termos de procura de voos”. No entanto, frisa que a companhia brasileira continua empenhada em recuperar a sua rede “o mais rapidamente possível”. Na Europa, a LATAM já está a voar de Barcelona e Milão, e irá expandir frequências de Madrid e Lisboa, esperando ainda crescer progressivamente noutras partes do continente europeu, à medida que as restrições forem sendo aliviadas, o que se tem verificado desde setembro. Na Europa, o número de passageiros já atingiu 71% do nível pré-pandémico em agosto de 20221, ultrapassando as previsões mais otimistas, segundo dados do Eurocontrol.

A pandemia trouxe, por outro lado, uma aprendizagem no sentido de trabalhar com prazos muito curtos. E o diretor-geral da LATAM afirma que “estamos agora concentrados na consolidação das rotas em que operamos e na manutenção dos acordos de cooperação com várias empresas que nos permitem oferecer uma conectividade ótima dentro da Europa”. A companhia continua assim a trabalhar nos acordos com a Iberia e está a implementar o code-share com a Virgin Atlantic, a partir de Londres.

No que diz respeito à presença no mercado português, ainda antes da pandemia a mesma tinha sido reforçada com a contratação de Bruna Westphal como Account Manager para o mercado nacional. Algo que, explica Thibaud Morand, “visava reforçar a ligação com o mercado português, para uma relação mais estreita com os agentes do setor e numa aposta clara da companhia aérea neste mercado”. O responsável garante que a Covid-10 não veio alterar estes planos, tendo apenas adiado alguns contactos e formalidades, “mas a posição é clara e mantém-se”. Neste momento, Bruna Westphal está em licença de maternidade e é Elisabeth Pedrero e Anabelle Araújo, duas colaboradoras da LATAM, que asseguram o mercado português e reforçam o objetivo da empresa.

Inês Gromicho