Lisbon South Bay lançado para promover Baía do Tejo

Categoria Advisor, Inside, Política

“Lisbon South Bay” é o novo “nome” para promover internacionalmente os territórios da Lisnave, Quimiparque e Siderurgia, situados nos concelhos de Almada, Barreiro e Seixal. Este novo “naming” foi explicado ao público esta semana, no Barreiro, e resulta do lançamento de um Plano de Marketing para os territórios da Baía do Tejo, no âmbito de uma candidatura ao Programa Regional Operacional de Lisboa, co-financiada pelo FEDER, sob a designação “Estratégia de Promoção Nacional e Internacional do Arco Ribeirinho Sul”, no valor de cerca de 100 mil euros, realizada, conjuntamente, pela Baía do Tejo e pelos três municípios.

“Lisbon South Bay” remete para três conceitos, segundo explicou Pedro Godinho, em representação da Sales Group, entidade responsável pelo estudo: “Lisboa”, aproveitando o seu potencial turístico; “Sul” e toda a qualidade de vida associada às praias, ao lazer, e à dinâmica cultural destes três concelhos; e “Baía”, associado ao Rio Tejo e a este “imenso” espelho de água do Mar da Palha. Por outro lado, “Rio”, “baía”, “estuário”, “água” e a proximidade com Lisboa, foram identificados como “forças e oportunidades” do território em causa, que tem nas chaminés industriais do Barreiro, no rio e praias alguns dos vários ícones e pontos marcantes. Ainda de acordo com Pedro Godinho, que explicou a metodologia aplicada, foram auscultadas 1048 pessoas – entre representantes de instituições, personalidades e cidadãos –, nos vários momentos, quer através de focus group, workshops, e inquéritos online.

Carlos Humberto de Carvalho, presidente da autarquia do Barreiro, fez questão de frisar que o que se está a criar “é uma marca para os três territórios”, que ajude a atrair empresas, emprego, actividade económica para o território com reconhecido potencial, com tradição e conhecimento, “numa perspectiva integrada”.