Madeira Startup Retreat acolhe 30 empreendedores

Madeira Startup Retreat acolhe 30 empreendedores

Categoria Agenda, Inside

O Madeira Startup Retreat é um programa de aceleração apoiado pelo Turismo de Portugal e desenvolvido pela Startup Madeira, em parceria com a NOVA SBE. De 4 de fevereiro a 29 de março, a Madeira receberá novamente 10 startups internacionais que atuam na área do turismo e lazer.

De 1 a 30 de novembro, foram registadas 53 inscrições de startups, de 19 países, como Austrália, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América e Índia.

Para esta segunda edição o júri selecionou 10 startups: Boost-inn(Portugal), CycliGO! (Lituânia), Eightydays.me (EUA), Envirate (Finlândia), Flyright (EUA), Instaviagem (Brasil), Pablow Inc (EUA), placeme.pl (Polónia), Portugal Farm Experiences (Portugal) e Yoospot (UK). Como suplentes, os jurados nomearam BookBySlot (Índia), eccocar (Espanha), OptiShower (Portugal), Totte (Espanha) e Venture with Impact (EUA).

De forma a impulsionar a aceleração das startups participantes, o programa foi desenhado para oito semanas. Ao longo da agenda, os participantes poderão contar com oito workshops e palestras, um sprint e um demo-day. Bernardo Véstia (eDreams ODIGEO), Gil Belford (Fever & Lisboa Secreta), Pedro Monteiro de Barros (Codacy), Rui Gouveia (comOn) e Stephan Morais (Indico Capital Partners) fazem parte dos mais de 15 mentores convidados pela NOVA SBE.

Ao longo do programa, cuja língua oficial será o inglês, serão abordados temas como o diagnóstico de estratégia e negócio, proposta de valor, desenvolvimento de negócio e marca, plano financeiro, entre outros. O palco do evento será no Colégio dos Jesuítas, localizado no coração do Funchal.

Para o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, “a sustentabilidade do turismo depende, em muito, da reinvenção sistemática das experiências nos destinos e melhoria dos sistemas de suporte. Para que isso possa acontecer é fundamental manter a aposta no apoio à inovação do turismo. É neste sentido que o Turismo de Portugal apoia o Madeira Startup Retreat, um programa internacional que alia um ecossistema turístico maduro às novas tecnologias e permite às startups selecionadas viverem na Madeira uma experiência única num laboratório vivo. São iniciativas como esta que posicionam Portugal, cada vez mais, como uma referência mundial na inovação associada à atividade turística”.

“Pelo segundo ano consecutivo, conseguimos atrair startups internacionais neste programa que terá lugar na ilha da Madeira. Esta é a confirmação de que programas de inovação no sector do turismo, são cruciais também para o desenvolvimento e promoção de Portugal como um destino tecnológico. A Madeira está preparada para acolher estas startups, funcionando como o laboratório ideal para testes nas áreas do turismo e lazer. Conciliar mar, natureza, sector hoteleiro, aeroporto, recursos humanos especializados e turistas permite às startups selecionadas usufruírem deste cenário”, refere Carlos Soares Lopes, presidente da Startup Madeira.

Ao total serão recebidos mais de 30 empreendedores. “Nesta 2.ª edição, cerca de 90% dos empreendedores são internacionais. Contaremos com norte-americanos, lituanos, bielorussos, finlandeses, brasileiros, polacos, indianos, franceses, italianos e austríacos”,  contabiliza Carlos Soares Lopes.

Um dos objetivos do programa é que os participantes aproveitem ainda estas semanas para explorar a ilha e usufruir de momentos lúdicos e de lazer. Para uma melhor adaptação à ilha, em janeiro serão ainda convocados cinco local hosts madeirenses que irão acompanhar a atividade laboral das startups, fazendo diariamente a ligação entre a equipa e a cultura regional.

Estabelecer uma ligação empreendedora com a Madeira é também um dos desafios deste programa. O Madeira Startup Retreat pode ser acompanhado no site oficial www.retreat.startupmadeira.eu e nas redes sociais.