Mais de 40 mil visitaram museus da Madeira este ano

Mais de 40 mil visitaram museus da Madeira este ano

Mais de 40 mil pessoas visitaram, nos primeiros quatro meses deste ano, os diversos museus da Madeira, sob tutela do Governo Regional, segundo informação disponibilizada pela secretaria da Economia, Turismo e Cultura do arquipélago.

De acordo com estes dados, a Quinta das Cruzes, no Funchal, foi o núcleo museológico que registou o maior número de visitantes e outros utilizadores (15.017), entre janeiro a abril. Na lista das estatísticas dos museus, segue-se o Museu Etnográfico da Madeira, situado no concelho da Ribeira Brava, na zona oeste da ilha, que comemora este ano 20 anos de existência, com 9.202 entradas, e a Casa Museu Frederico de Freitas, com 6.173.
O Mudas.Museu de Arte Contemporânea, que abriu recentemente no concelho da Calheta, na zona oeste da Madeira, já regista 4.895 visitantes, a Casa Colombo Museu do Porto Santo, 3.068, e o Universo de Memórias João Carlos Abreu (ex-secretário do Turismo madeirense), 2.160, acrescenta a mesma informação.
A análise estatística aponta que os visitantes dos museus são maioritariamente estrangeiros (mais de 17 mil), excetuando os casos do Etnográfico e o Universo de Memórias, que regista um número superior de público nacional. Também indica existir um crescimento de pessoas que passam por estes núcleos museológicos da região, que começou com 7.580 entradas, em janeiro, passou para as 8.749, em fevereiro, sendo 10.304, em março, e 13.882, em abril.
Em 2015, estes museus madeirenses tiveram um total de 114.245 visitantes.