Mensagem ao setor: “Temos que nos reinventar, continuando fiéis à nossa forma de estar perante as agências”

Mensagem ao setor: “Temos que nos reinventar, continuando fiéis à nossa forma de estar perante as agências”

Categoria Business, Ot's Av's

A Ambitur.pt solicitou a vários agentes e profissionais do setor que partilhassem connosco uma mensagem que queiram deixar ao setor neste momento difícil. Nuno Anjos, do Viajar Tours, foi o primeiro a aceder a este convite. Leia de seguida a mensagem deste profissional. 

Por Nuno Anjos, diretor comercial Viajar Tours*

Nesta altura, em que todos no Viajar Tours estão a trabalhar a partir de casa, é o momento certo para fazer uma projeção para o futuro, de procurar oportunidades para que possamos estar mais completos e diferenciados, perante um mercado que se crê que venha a ser mais competitivo do que nunca. Temos que nos reinventar, mas continuando fiéis à nossa forma de estar perante as agências de viagens, que se habituaram a ver destinos inovadores na nossa programação charter. É isso que temos feito, e é isso que temos procurado também fazer através das linhas regulares, com destinos que complementem a nossa oferta aos clientes, que conhecendo já a nossa forma de estar e de atuar, querem continuar a viajar através do Viajar Tours.

Nesta altura é difícil fazermos uma leitura adequada ao mercado: não sabemos ainda de que forma ele se irá comportar no final da pandemia, nem de que forma estarão os destinos com os quais trabalhamos há já alguns anos. É o caso de Itália, muito embora, e tanto quanto é do nosso conhecimento, nem a Sardenha nem a Sicília tenham sido até à data assoladas de forma tão dramática como a região da Lombardia.

Estamos nesta altura a trabalhar sobre suposições e cenários, que apenas o tempo poderá dizer se acertadamente ou não. Mas também estamos a trabalhar para podermos ajudar os agentes de viagem, com diversas propostas, ainda para este ano, para as viagens de lazer dos seus clientes. Apesar de o panorama geral nos parecer nesta altura bastante “desconfortável”, tentamos olhar com o otimismo possível para o futuro, tentamos vislumbrar a luz ao fundo do túnel para que possamos dar alguma segurança aos nossos colaboradores e às suas famílias.

Por muito que nos seja difícil, há que tentar buscar forças positivas que possam passar para além das nossas casas, até aos lares dos nossos clientes, nem que seja através de imagens e mensagens que os façam sonhar com as suas próximas viagens. A pensar nisso, estamos a preparar várias iniciativas online (nas nossas páginas de Facebook e Instagram), tendo já sido lançado um quizz diário, com perguntas acerca de alguns dos nossos destinos.

* A Ambitur.pt solicitou a vários agentes e profissionais do setor