Mercado Municipal de Santa Maria da Feira: Património a conhecer e desfrutar

Mercado Municipal de Santa Maria da Feira: Património a conhecer e desfrutar

A sentir o pulsar do Centro Histórico de Santa Maria da Feira, ergue-se o Mercado Municipal, uma obra emblemática para a cidade e para o país, da autoria do arquiteto Fernando Távora, classificado como monumento de interesse público e histórico.

O Mercado Municipal marca os anos dourados da arquitetura, 1954, e alia elementos locais e tradicionais à arquitetura moderna. No dia-a-dia, assume a sua função primordial, com a azáfama dos vendedores das várias bancas e dos lojistas, mas são várias as alturas do ano em que o Mercado se transforma num palco privilegiado para os mais diversos eventos culturais. Entre 29 de novembro e 29 de dezembro, o Mercado Municipal de Santa Maria da Feira entra também no espírito natalício e recebe o “Natal no Mercado”. Durante um mês, a beleza desta obra, que para muitos é um dos maiores símbolos da arquitetura nacional, alia-se à magia do Natal, dando espaço aos sabores típicos do Natal, não só da região, mas também, do país e do mundo, bem como ao artesanato urbano e tradicional, com a mostra e venda dos tradicionais presépios, moda, joalharia, decoração, brinquedos e muito mais. O “Natal no Mercado” leva também ao centro histórico de Santa Maria da Feira muita animação, luz e cor, alusivas a esta época festiva.

O “Natal no Mercado” insere-se se na estratégia definida pelo Município para qualificar a experiência de vivência e de visita ao Centro Histórico de Santa Maria da Feira, não só aos residentes, mas também aos milhares de visitantes, nacionais e internacionais, que neste período festivo acorrem à cidade feirense, atraídos pelo maior parque temático de Natal do país, o Perlim.

Este artigo foi publicado na edição 324 da Ambitur.