Ministro da Economia: As portagens “não desencorajam os turistas” a visitar o Interior

Ministro da Economia: As portagens “não desencorajam os turistas” a visitar o Interior

Categoria Advisor, Política

O ministro Adjunto e da Economia, disse esta quinta-feira, na Guarda, que “as vantagens dos territórios do Interior, com todas as riquezas que aqui nos são dadas a mostrar, não são as portagens que desencorajam os turistas de aqui virem, como temos visto pelo crescimento dos números nestes últimos anos”. Pedro Siza Viera falou aos jornalistas, durante a inauguração da Feira Ibérica de Turismo (FIT), que decorre até domingo naquela cidade do Interior do país.

Questionado sobre a realização de mais uma ação de protesto, no âmbito da luta contra as portagens, agendada para o dia 15, para a fronteira de Vilar Formoso, pela Plataforma Pela Reposição das Scut na A23 e A25, o governante lembrou que o Governo tem “estado particularmente atento” ao assunto das portagens, lê-se no site da Agência Lusa. “Temos feito caminho no sentido da redução das portagens, também para reduzir os custos de contexto do exercício de atividades económicas aqui, no Interior do país”, observou o governante.

O ministro Adjunto e da Economia lembrou que o atual executivo, “já por duas vezes”, reduziu o valor das portagens nas autoestradas situadas no Interior do país e criou “também uma situação particularmente mais favorável aos veículos de mercadorias de empresas situadas no Interior, de todas as classes”. Com as últimas alterações ao regime de portagens, “conseguimos reduzir substancialmente as portagens para os veículos das classes 2, 3 e 4 e conseguimos ter ainda uma redução adicional de mais 25% para os veículos de mercadorias das classes 1, 2, 3 e 4 de empresas sediadas no Interior”, afirmou.

Disse ainda aos jornalistas que as medidas tomadas significam que “para os veículos comerciais de empresas situadas no Interior as portagens no Interior do país são hoje uma fração daquilo que se paga no Litoral. E, com isso, conseguimos reduzir os custos de contexto para as empresas”, sublinhou.

No caso dos transportes de mercadorias, segundo o governante, as portagens cobradas nas autoestradas que servem o Interior são as “mais baratas do país”.
A edição deste ano da FIT, que decorre até domingo, no Parque Urbano do Rio Diz, na cidade da Guarda, tem como tema central o Turismo de Interior. A feira, organizada pela Câmara Municipal da Guarda, ocupa onze mil metros quadrados de área e tem como destino convidado a província espanhola da Corunha e como tema central o Turismo de Interior.