Moçambique e S. Tomé continuam na lista negra das companhias a voar para a UE

Moçambique e S. Tomé continuam na lista negra das companhias a voar para a UE

Categoria Business, Transportes

A Comissão Europeia atualizou hoje a sua lista de segurança aérea das companhias proibidas de voar no espaço europeu, que continua a incluir as transportadoras de Moçambique, São Tomé e Angola, esta com exceções.
Na denominada “lista negra” proíbe-se um total de 216 companhias aéreas de voarem para a União Europeia, sendo 214 transportadoras certificadas em 19 países – incluindo Moçambique, São Tomé e Príncipe e Angola, devido à falta de fiscalização da segurança pelas autoridades nacionais da aviação.
No grupo das companhias que podem voar para a União Europeia, mas com restrições, nomeadamente, com uma avião especifico, estão: Afrijet and Nouvelle Air Affaires SN2AG, Air Koryo , Air Service Comores (the Comoros), Iran Air e TAAG Angola Airlines.
Outras duas companhias, a Iraqui Airways (Iraque) e Blue Wing Airlines (Suriname) constam na lista devido a preocupações com a segurança.