Montijo. Rio diz que é a “solução mais rápida e barata” mas defende um “plano B”

Montijo. Rio diz que é a “solução mais rápida e barata” mas defende um “plano B”

Categoria Advisor, Política

O presidente do PSD, Rui Rio, assumiu que a construção do novo aeroporto no Montijo é a solução “mais rápida e barata”, mas defendeu que, se tiver grandes custos ambientais, é necessário pensar num “plano B”, noticiou a Lusa.

Rui Rio acusou o primeiro-ministro, António Costa, de ter vindo a afirmar que não há “plano B” ao Montijo e “ponto final” e questionou como é que se pode dizer isso se ainda há uma discussão pública a fazer.  “Não entendemos a afirmação do primeiro-ministro. É preciso fazer um Estudo de Impacte Ambiental (EIA) faça-se lá porque não interessa nada porque nós vamos fazer no Montijo, há uma discussão pública a fazer em torno disto faça-se lá depressa porque não serve para nada e, finalmente, há uma declaração de impacto ambiental que, seja qual for, vamos construir o aeroporto no Montijo”, frisou.

Concordando com o facto de o Montijo ser a solução “mais rápida e barata”, sendo desejável que possa ser essa, o social-democrata reforçou a importância de se equacionar um “plano B” caso os custos ambientais, ou os custos financeiros que sejam necessários para suprir as questões ambientais, forem grandes.“É avisado revisitar outras soluções se assim for”, vincou à margem de um almoço-debate organizado pela Confederação do Turismo de Portugal, no Porto. Rui Rio disse não ser correto dizer-se que independentemente das conclusões finais a solução é construir o novo aeroporto no Montijo e “mais nada”.

Assumindo que a questão do aeroporto de Lisboa tem de ser resolvida o mais rapidamente possível porque está “esgotado”, o presidente do PSD considerou, contudo, que é desejável que se respeite as conclusões do EIA. Questionado sobre se o PSD tem um plano B, Rio referiu que o partido não tem gabinete de estudos técnicos para poder dizer qual será a melhor solução.