Moxy operado pela Hoti Hotéis apresenta-se em Lisboa

Moxy operado pela Hoti Hotéis apresenta-se em Lisboa

Categoria Alojamento, Business

Uma parceria entre o grupo Hoti Hotéis e o grupo Krest Real Investments trouxe até Lisboa, ao Parque das Nações, a marca Moxy, do grupo Marriott International. Uma unidade hoteleira que permite à cidade apresentar um produto hoteleiro diferenciado a um segmento “consciencioso em preço”, direcionada para os millennials e os nómadas digitais, conforme sublinhou Miguel Proença, CEO da Hoti Hotéis, durante a apresentação deste hotel. O investimento da unidade foi de 15 milhões de euros, da responsabilidade da Krest Real Investments.

Este é um projeto que teve o seu início nos investimentos imobiliários do grupo Krest Real Investments, de capitais belgas, no país. O passo seguinte deu-se, de acordo com Miguel Proença, numa aproximação entre os dois grupos (Hoti e Krest) “facilitada por, de um lado e de outro, existir uma visão de gestão familiar na perspetiva de longo prazo, tanto ao nível de projeto como de desenvolvimento”. Neste contexto, “foi pensada qual poderia ser a proposta adequada para o desenvolvimento deste projeto, tendo em conta as necessidades da Krest, assim como a nossa presença nesta zona com uma unidade hoteleira que foi agora reposicionada como Meliá”. Acrescenta Miguel Proença que “chegámos à conclusão que abordar o projeto com uma marca de uma cadeia hoteleira diferente seria mais conveniente. A decisão foi avançar com este produto, uma unidade três estrelas, com níveis de diferenciação do que existe nesta localização”. Nasce assim a ponte para o desenvolvimento de uma marca do grupo Marriott International neste empreendimento: Moxy Lisboa Oriente. O hotel está finalizado desde meados do ano passado, “mas perante a ausência de mercado e do desenrolar da pandemia, decidimos só abrir este ano”, acrescenta o responsável, numa apresentação da unidade hoteleira aos jornalistas.

Para os responsáveis, as perspetivas de operação são ótimas, numa localização que vive da Altice Arena e FIL ,e todo o corporate à volta, assim como dos short-breaks quando retomarem. Este é “um produto que encaixa no transporte low cost, com serviços simpáticos, que permite explorar o destino. Depois temos o fator de vendas da Marriott International com o seu cartão de fidelização que tem uma base de dados envorme, na ordem dos 140 milhões de aderentes. Aliás o hotel já tem hoje cerca de 30% de ocupação do mercado americano”, de acordo com os responsáveis da Hoti Hotéis.

Para Miguel Proença, “no Parque das Nações tudo está disponível, este é um produto que está indicado, e pela capacidade que tem, para segmentos que são conscienciosos em preço. O investimento neste hotel foi concluído pelo grupo Krest, nós somos o operador/gestor”.

Com 222 quartos, o Moxy Lisboa Oriente é descrito pela Hoti Hotéis como uma unidade que oferece a perfeita harmonia entre design e lifestyle. Direcionada para os millennials e os nómadas digitais, o hotel de três estrelas segue o conceito e a decoração jovem e irreverente, características da marca, está equipado com serviços de internet de alta velocidade, estacionamento, ginásio, salas de reunião e zona de leitura. Os lobbys são locais propícios ao convívio, que a marca privilegia, com inúmeras funcionalidades e área de alimentação aberta em permanência, para a máxima comodidade dos seus hóspedes.

Pedro Chenrim