Museu de Arte Antiga remodela terceiro piso

Museu de Arte Antiga remodela terceiro piso

O Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, encerra hoje o terceiro piso ao público para obras de remodelação, que deverão estar concluídas em maio, com nova museologia das coleções de pintura e escultura portuguesas. Em declarações à agência Lusa, José Alberto Seabra, diretor-adjunto do MNAA, indicou que as peças habitualmente expostas ficarão guardadas, exceto os Painéis de São Vicente, que vão ser colocados no piso 1 do museu, a partir de sexta-feira.

“É uma obra chave do museu e muito procurada pelos visitantes portugueses e estrangeiros”, sublinhou, sobre os painéis de Nuno Gonçalves, considerados uma obra-prima da pintura portuguesa quinhentista.
As obras no terceiro piso do museu vão começar a 11 de janeiro, e a data prevista para a reabertura, com o piso remodelado, é o mês de maio, segundo o responsável.O projeto tem como objetivo aumentar a exposição permanente de pintura e escultura portuguesas, de uma centena de obras significativas para cerca de 300 destas peças do acervo do museu. “Queremos mostrar, de forma mais alargada, a História da pintura e da escultura em Portugal, desde a Idade Média até ao século XIX”, indicou.