Novo fundo de captação de rotas lançado até março

Novo fundo de captação de rotas lançado até março

Categoria Advisor, Política

A secretária de Estado do Turismo de Portugal anunciou hoje a criação de um novo fundo de captação de rotas até ao final do primeiro trimestre deste ano para garantir que o destino Portugal tem capacidade de ser atrativo.

“Neste momento estamos a preparar e a ultimar um fundo de captação de rotas para, no fundo, garantir que os nossos destinos têm capacidade de ser atrativos em termos de rotas aéreas”, declarou Ana Mendes Godinho, à margem da sessão de abertura do XI Fórum Internacional de Turismo Fit’2016, que está a decorrer hoje no Hotel Solverde, Praia da Granja, concelho de Vila Nova de Gaia. “O que me interessa mesmo é que existam rotas e que os turistas cheguem aos destinos portugueses”, declarou Ana Mendes Godinho, recordando que o fundo de captação de rotas já existiu no passado e que terminou no final de 2015.
Questionada pela Lusa sobre quando estaria pronto o fundo de captação de rotas, a secretária de Estado do Turismo não quis avançar datas, mas afirmou que está a trabalhar para que seja concluído no primeiro trimestre deste ano e que seja lançado o mais breve possível para garantir a competitividade aérea do destino de Portugal.
Segundo Ana Mendes Godinho, este fundo vai ajudar a “promover rotas turísticas junto dos mercados”, ou seja Portugal vai estar a promover o destino nos países onde estas rotas têm ligação. O fundo de captação de rotas funciona na dinamização e promoção junto dos mercados emissores, naturalmente que as rotas estão interessadas, porque é uma forma de dinamizarem o seu próprio tráfico dessas rotas, acrescenta.