Novo hotel do grupo Visabeira em Lisboa custou 13 milhões de euros

O grupo Visabeira inaugurou, esta segunda-feira, o seu segundo empreendimento em Lisboa, o Montebelo Vista Alegre Chiado Hotel, que se cruza em três emblemáticas ruas da capital: a Rua das Flores, a Rua do Alecrim e o Largo Conde Barão Quintela.

Fernando Daniel Nunes, presidente da Visabeira Turismo, Imobiliária e Serviços

A unidade conta com 58 quartos e suítes, sendo que cada uma das três alas do hotel apresenta um tema distinto: nos quartos virados para a Rua das Flores, a decoração segue motivos florais; na Rua do Alecrim, cada quarto tem um cheirinho de alecrim e é complementado com outros elementos naturais; e os quartos virados para o Largo estão decorados com obras de porcelana Vista Alegre.

O hotel destinar-se-á, essencialmente, às vertentes de lazer e negócios, e conta com um restaurante que funde a cozinha peruana e japonesa.

“Hoje, assumimos outro desafio na capital com a inauguração deste cinco estrelas que alia dois nomes de prestígio no panorama nacional e internacional: as insígnias Montebelo e Vista Alegre, marca de porcelana, cristal e vidro, que o grupo Visabeira detêm desde 2009”, começou por dizer Fernando Daniel Nunes, presidente da Visabeira Turismo, Imobiliária e Serviços, que acrescentou: falar deste hotel é falar de um sonho tornado realidade, com a reabilitação deste palacete, antiga sede da Vista Alegre, que foi objeto de uma intervenção que conjuga a arte, o design, a sofisticação, o conforto e a elegância”.

“O processo iniciou-se em 2016, contudo, devido a diversas contingências com alguns inquilinos, só em janeiro de 2021 se iniciaram as obras, sendo concluídas em maio de 2023, com um valor de investimento a rondar os 13 milhões de euros“, revelou ainda o responsável.

Os artesãos da Vista Alegre pintaram à mão novas obras originais para o hotel, a partir de peças de arte em porcelana já existentes: “a decoração, concebida exclusivamente para esta unidade, inspirada pela arte da Vista Alegre e pela memória do local, cria um ambiente único que combina tradição e modernidade e que estreia um novo conceito de hotel de charme, numa daquelas que é uma das mais atrativas cidades da Europa”, concluiu Fernando Daniel Nunes.

Carlos Moedas e Nuno Fazenda, na assinatura do livro de honra

À cerimónia de inauguração presidiram o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e o secretário de Estado do Turismo, Nuno Fazenda, que destacaram a importância de continuar a trazer valor turístico para a capital portuguesa. Moedas ainda frisou que não tem dúvidas que esta será mais uma unidade de sucesso em Lisboa e que irá atrair os mercados internacionais, essencialmente o americano. Além disso, sublinhou como os hotéis com história e que recuperam estruturas da cidade são mais vantajosos e valorizados.

Este é o segundo empreendimento do grupo Visabeira em Lisboa, depois de ter aberto, há quatro anos, o Montebelo Lisbon Dowtown Apartments, na Rua da Prata, destinado ao alojamento local. Esta unidade é a nona do grupo em Portugal, contando com mais cinco em Moçambique.

Por Diana Fonseca