Novo plano de acção do turismo prevê a criação de um grupo de reflexão sobre a sustentabilidade urbana

Novo plano de acção do turismo prevê a criação de um grupo de reflexão sobre a sustentabilidade urbana

Categoria Advisor, Política

Segundo João Cotrim de Figueiredo, presidente do Turismo de Portugal, “este grupo aparece para que seja possível falarmos com as entidades que possam ser mais responsáveis pela solução, como autarquias, entidades de fiscalização, de segurança pública”.

O novo plano de acção para o turismo para os próximos cinco anos, “Turismo 2020 – Cinco princípios para uma ambição”, prevê a criação de um grupo de reflexão sobre o turismo e a sustentabilidade urbana. Em entrevista ao SOL, João Cotrim de Figueiredo, presidente do Turismo de Portugal, explicou que “a ideia já existia antes críticas se tornarem públicas. Vai ao encontro da resolução dos problemas que são aflorados na comunicação social. Não estamos em posição de dizer que não há problema na evolução do turismo em Portugal. Mas também é preciso dizer que o turismo tem sido uma das grandes forças de desenvolvimento económico no país. Este grupo aparece para que seja possível falarmos com as entidades que possam ser mais responsáveis pela solução, como autarquias, entidades de fiscalização, de segurança pública”.

Para o responsável, “tem sido a capacidade de receber dos portugueses que tem feito o turismo subir mais em Portugal do que nos destinos concorrentes. Mas se o turismo passar a ser visto como uma fonte de problemas em vez de uma coisa boa, isso mina directamente um factor essencial e distintivo de Portugal.