Número de portugueses a visitar Macau em 2015 diminui 4%

Número de portugueses a visitar Macau em 2015 diminui 4%

Depois de anos consecutivos em alta, Macau não registava um recuo no número de entradas desde 2009, ano em que acolheu 21,75 milhões de visitantes.Desde então, e segundo a Lusa, foi sempre a subir: em 2010 o número de visitantes deu um “pulo” de 14,77% e no ano seguinte de 12,16%, com o ritmo de aumento a abrandar para 0,29% em 2012, voltando depois a aumentar. Em 2013 cresceu 4,42% e em 2014 7,5%, para um total de 31,5 milhões de visitantes, um valor recorde num território com uma área de pouco mais de 30 quilómetros quadrados.
Dos 30,71 milhões de visitantes de 2015, mais de metade (53,4%) eram excursionistas (-3,3%), segundo a Direção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC).  O maior número continua a chegar da China (20,41 milhões ou dois terços do total), mercado que, porém, enviou menos visitantes (-4% face a 2014). Já os procedentes de Hong Kong (6,5 milhões) e Taiwan (988.059) aumentaram, respetivamente, 1,7% e 3,6%.
A tendência em termos de visitantes oriundos de destinos mais distantes variou: os procedentes dos Estados Unidos (182.532) e do Canadá (70.973) aumentaram ligeiramente (mais 0,6% e 0,5%, respetivamente), enquanto os visitantes da Austrália (92.404) e do Reino Unido (59.985), por exemplo, desceram 12,8% e 1,3%.
De Portugal chegaram 15.166 pessoas ao longo do ano passado, menos 4,42% face a 2014.
Só no mês de dezembro, Macau acolheu 2,63 milhões de visitantes, refletindo um aumento de 3,7% em termos anuais e uma subida de 1,7% em termos mensais, segundo a DSEC.