“O objetivo é fazer do Onyria Palmares a nova Quinta da Marinha”

“O objetivo é fazer do Onyria Palmares a nova Quinta da Marinha”

Categoria Alojamento, Business

Depois da venda, no passado mês de janeiro, do Onyria Marinha Edition Hotel, em Cascais, o grupo Onyria está focado no Onyria Palmares, no Algarve, que contará, a partir do final do ano, em dezembro, com um novo boutique hotel. É uma unidade que “está agora em construção e que vai ser um complemento muito importante ao que já temos que é um golfe de 27 buracos. Será o inicio do desenvolvimento do resort que iremos fazer ao longo de vários anos conforme fizemos na Quinta da Marinha. O nosso objetivo é fazer do Onyria Palmares a nova Quinta da Marinha”, afirmou ao Ambitur.pt, João Pinto Coelho, diretor comercial do grupo Onyria, à margem da ITB Berlim.

 

De acordo com o responsável, o grupo espera crescer, em 2016, cerca de 6/7% depois de, em 2015, ter registado um incremento nos seus negócios de “pouco mais de 10%”. “Contamos e temos orçamentado um crescimento ligeiro, há algumas variáveis externas a ajudar, nomeadamente, a situação da Turquia que é um dos nosso principais concorrentes, e do norte de África, Marrocos e Tunísia, que também está menos apetecível. Também destacar o trabalho que tem sido feito ao nível da promoção de Cascais e da Câmara de Cascais, que tem um plano ambicioso, e também já se começam a sentir efeitos positivos”, acrescentou João Pinto Coelho.
Muito recentemente, há cerca de duas semanas, o grupo estreou em Lisboa mais um espaço “Monte Mar” . “Era um projeto que já tínhamos em mente há muitos anos. Os nossos clientes do Monte Mar Cascais estavam-nos a desafiar constantemente para abrirmos em Lisboa, só que precisávamos de encontrar um sítio especial como é o Monte Mar Cascais e com uma vista bonita. Após muita procura e alguma sorte encontrámos este sitio que tem uma vista incrível para a ponte 25 abril sobre o rio tejo e que é um local que vais ser incrível para eventos, exatamente com a mesma cozinha e a mesma carta do Monte Mar Cascais”, explicou o responsável.

 
Abertura do Sheraton Cascais “só vai ter efeitos positivos”

 
Na mesma ocasião, João Pinto Coelho afirmou que a abertura do Sheraton Cascais “é uma excelente novidade para” o destino cascais. “A cadeia Sheraton é excelente, tem escritórios no mundo inteiro, vão promover uma grande novidade que é um hotel novo num destino incrível como é Cascais e que ainda é pouco conhecido, portanto, é muito positivo”. A nível de concorrência, explica o responsável, “não é uma má novidade porque não se trata de um aumento de capacidade, é um rebranding de uma unidade que já existia, portanto em número de camas não vai significar um aumento, só vai ter efeitos positivos”.

Raquel Pedrosa Loureiro, em Berlim, com o apoio da Lufthansa