O requinte francês e ritmo carioca juntos em novo hotel no Rio (Fotogaleria)

Categoria Explore, Hotéis

Há seis anos, dois emrpesários franceses da cidade de Toulouse, Benjamin Cano Planès e Louis Planès, pisaram as areias do Rio de Janeiro pela primeira vez e, em menos de uma semana, perceberam que esta seria a sua nova casa. Foram necessários alguns meses para encontrar o local ideal, um jardim secreto onde pudessem acomodar toda a mobília trazida de diferentes partes do mundo, fotografias e memórias. E o espaço ideal foi descoberto entre Copacabana e Ipanema, na Rua Saint-Roman que, curiosamente, foi um aviador e escritor nascido em Toulouse.
Este é um bairro de casas e jardins enormes com um ambiente elegante e discreto. E aqui compraram o número 222, o qual foi totalmente recuperado para dar lugar a um boutique hotel, Casa Mosquito. São apenas nove suites, com varandas e peças de decoração vindas de Paris, Rio e São Paulo. Cada quarto tem um nome que homenageia ícones cariocas como Carmen Miranda, Pixinguinha, Madame Satan, Elis Regina e Tom Jobim.
O hotel conta ainda com uma piscina com vistas panorâmicas de 360º sobre a cidade. E, em Outubro, será inaugurado um pequeno funicular (para até seis pessoas) para os hóspedes, ligando os dois pisos de novas suites e facilitando o acesso do pátio até ao Club 222, o terraço da Casa Mosquito.

 

[RoyalSlider Error] Incorrect RoyalSlider ID or problem with query.