OMT desenvolve Programa de Assistência Técnica para a Recuperação do Turismo

OMT desenvolve Programa de Assistência Técnica para a Recuperação do Turismo

Categoria Advisor, Associativismo

A Organização Mundial de Turismo (OMT) colocou em marcha um Programa de Assistência Técnica para a Recuperação do Turismo, que oferece orientações aos Estados-Membros quanto à resposta ao Covid-19. O programa está estruturado em torno de três principais pilares: recuperação económica; marketing, promoção e fortalecimento institucional e fortalecimento da resiliência.

A OMT identificou três cenários possíveis para o turismo, um dos setores económico e social mais atingidos. De acordo com a evolução das restrições de viagens nos próximos meses, a chegada de turistas internacionais poderá cair entre 60% e 80% em 2020.

Tal poderá traduzir-se numa perda de receita de exportação do turismo situada entre 910 milhões e 1,2 mil milhões de dólares, colocando entre 100 a 120 milhões de empregos em risco. A nível social, as repercussões podem ser igualmente desafiadoras para muitas sociedades ao redor do mundo. Neste contexto, a OMT preparou o Programa de Assistência Técnica para a Recuperação do Turismo Covid-19, que procura ajudar os governos e o setor privado a enfrentar esta emergência socioeconómica sem precedentes.

O secretário geral da OMT, Zurab Pololikashvili, afirma: “Agora devemos apoiar o setor turístico com medidas reais, enquanto nos preparamos para que, quando se recupere, seja mais e mais sustentável. Os planos e programas de recuperação do turismo traduzem-se em postos de trabalho e crescimento económico, não só no próprio setor, como no conjunto da sociedade. Este programa de apoio ajudará os governos e as empresas a pôr em prática as recomendações para a recuperação”.

Chamada à ação: medidas económicas, promocionais e institucionais

Juntamente com um conjunto de recomendações já divulgado pela OMT, como um plano de ação para mitigar o impacto socioeconómico do Covid-19 e apoiado pelo Comité Mundial de Crises para o Turismo da OMT, o programa identificou três potenciais áreas de intervenção para acelerar a recuperação do turismo: económico, promocional e institucional.

O Programa de Assistência Técnica para a Recuperação do Turismo Covid-19 advoga a introdução de políticas e medidas para estimular a recuperação económica do setor de turismo. Ao mesmo tempo, devem ser realizadas avaliações de necessidades e planos nacionais específicos para a recuperação do turismo, entre outras medidas.

Em termos de marketing e promoção, a OMT está pronta a fornecer assistência técnica para identificar mercados que podem ajudar a acelerar a recuperação, abordando a diversificação de produtos e (re) formulando estratégias de marketing e atividades promocionais.

O terceiro pilar, o fortalecimento institucional e a criação de resiliência, aponta a melhoria das alianças público-privadas e a promoção de esforços colaborativos para a recuperação do turismo, assim como melhorar as capacidades de gestão de crises e recuperação.

Turismo para o desenvolvimento sustentável

O apoio técnico oferecido pela OMT é projetado para ajudar os Estados-Membros a trabalhar com as metas estabelecidas na Agenda 2030 e com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Vários desses objetivos estão diretamente relacionados com o turismo, especialmente os ODS 8, 12 e 17 sobre “trabalho decente e crescimento económico”, “consumo e produção sustentáveis” e “parcerias para os objetivos”.

A OMT está a trabalhar também numa resposta mais ampla das Nações Unidas ao COVID-19, enfatizando o papel que o turismo pode desempenhar na proteção dos países em desenvolvimento e dos membros mais vulneráveis da sociedade aos piores impactos da atual crise.