OMT: Guerra na Ucrânia poderá afetar recuperação do turismo

OMT: Guerra na Ucrânia poderá afetar recuperação do turismo

A diminuição da confiança do consumidor, um aumento da inflação que encarece as viagens, perda de gasto dos mercados russo e ucraniano, impacto nos destinos tradicionais e também nos emergentes… Estas são algumas das consequências que a guerra da Ucrânia pode ter no turismo internacional este ano, segundo prevê a OMT.

“Ainda é cedo para avaliar o impacto da ofensiva militar da Rússia na Ucrânia, mas representa um grande risco para o turismo internacional, que poderia atrasar a já frágil e desigual recuperação do setor”, adverte a OMT, que indica dois cenários nada animadores: quebras na chegada de turistas estrangeiros de 50% e 63% face a 2019.

A organização deteta assim seis impactos que a guerra pode ter no setor:

1. Risco acrescido para a frágil e desigual recuperação turística.

2. Interrupção das viagens dos mercados da Rússia e Ucrânia, que representam 3% do gasto turístico global, cerca de 14 mil milhões de dólares em 2020 (13.300 milhões de euros). Recorde-se que, em 2019, o gasto russo em viagens internacionais atingiu os 36 mil milhões de dólares, e o gasto ucraniano os 8.500 milhões de dólares.

3. Diminuição da confiança do consumidor, especialmente nos mercados e segmentos com maior aversão ao risco.

4. Impacto nos destinos tradicionais, mas também nos emergentes, especialmente ilhas e destinos litorais.

5. Um crescimento económico mais fraco e aumento da inflação, devido ao aumento do preço do petróleo, ao qual se soma a recente alta das taxas de juro, que está a provocar o encarecimento das viagens para o consumidor e uma maior pressão sobre as empresas, sobretudo as PMEs.

6. Tudo isto junto representa uma ameaça para o emprego e as empresas de turismo.