Operadores turísticos reforçam oferta para Porto Santo em setembro e outubro

Operadores turísticos reforçam oferta para Porto Santo em setembro e outubro

Categoria Business, Ot's Av's

Pela primeira vez, alguns dos principais operadores turísticos vão alargar a oferta para a ilha do Porto Santo durante o mês de outubro. A operação charter da Abreu, Solférias, Soltrópico e Sonhando será estendida com mais dois voos na segunda-feira, dia 28 de setembro a partir de Lisboa e Porto, da responsabilidade da companhia aérea SATA, até dia 5 de outubro.

“Esta decisão dos operadores é de alguma forma um reconhecimento da qualidade da nossa oferta, mas também do bom trabalho que a região tem vindo a fazer no combate e prevenção da pandemia, dando todos os indicadores que este é um destino seguro”, considera Bruno Martins, diretor geral do grupo Vila Baleira Hotels & Resorts.

Com uma temperatura estável, a ilha dourada, como é conhecida Porto Santo, tem tradicionalmente os seus melhores meses de verão em setembro e outubro e este reforço do tráfego aéreo vai permitir mostrar ao mercado nacional o potencial deste destino, principalmente para quem gosta de gozar férias fora do período da chamada época alta. Também a distinção por parte da European Best Destination, organização sob a tutela da Comissão Europeia, que colocou a extensa praia do Porto Santo como uma das mais seguras para fazer férias no período de desconfinamento, veio reforçar a confiança, assim como a vontade e o desejo por parte dos clientes em visitar a região.

“Também as medidas tomadas para criar uma perceção de segurança fizeram aumentar a procura por este destino e pela nossa unidade hoteleira”, acrescenta Bruno Martins. O grupo hoteleiro Vila Baleira, com hotéis em Porto Santo e no Funchal, reiniciou a sua atividade com o selo “Clean & Safe” e incluiu um seguro que garante despesas de assistência e repatriamento caso um hóspede contraia a Covid-19 durante a sua estadia, bem como a oferta do teste de diagnóstico Covid-19.

“Nos próximos meses, e se calhar anos, vamos trabalhar desta forma, oferecendo as melhores condições possíveis para receber os turistas com toda a segurança durante o período da pandemia”, acrescenta Bruno Martins, recordando que “as unidades hoteleiras têm de se saber adaptar à nova realidade”.