Opinião by António Marto: E depois da crise?

Opinião by António Marto: E depois da crise?

Categoria Advisor, Opinião

Por António Marto, fundador da Bolsa de Empregabilidade e do Fórum Turismo*

Muito se tem refletido e bem nesta pandemia que assolou a globalidade do mundo, mais próximo ou mais longínquo, e no seu impacto sobretudo no setor do Turismo.

Como se sabe somos, atualmente, o setor mais prejudicado com a pandemia e seremos provavelmente aquele que mais tempo irá necessitar para voltar a ser o que era. Estaremos longe de voltar a ver as ruas das cidades cheias de turistas confortáveis e confiantes por terem escolhido Portugal como destino de férias. Estaremos longe de ver os eventos, aqueles que sabemos fazer como ninguém, cheios de público e muito calor humano. Estaremos longe de ver o frenesim dos restaurantes de sábado à noite aquecendo a alma dos que procuram uma noite de diversão e a entrega aos prazeres da vida. É legítimo perguntarmos: e o que nos resta depois de tudo isto? É sim.

É mesmo aí que pretendo chegar, não nos resta praticamente nada a não ser uns aos outros. É com a maior humildade e veracidade que partilho aquilo que penso e sinto. Somos um setor líder e exemplo de crescimento económico, que tem ganho consciência do seu valor e da sua importância não só, mas também, pela qualidade que nos atribuem por sermos um país que sabe receber como ninguém. Agora é tempo de pensarmos em nós, mudarmos e melhorarmos no que for possível. É tempo para relembrarmos alegrias por tudo o que alcançamos e superamos juntos.

Todos estamos a sofrer, do colaborador ao empresário, das chefias às equipas, todos: estamos, todos, JUNTOS no mesmo barco. E é aqui que quero reforçar uma convicção: Se o Turismo é um setor vencedor, deverá continuar a sê-lo em qualquer circunstância pela união e pelo exemplo.

Não será a última nem a primeira crise que ultrapassaremos, mas será certamente uma maratona que só em conjunto conseguiremos terminar. Precisamos de cuidar de nós antes de estarmos em condições para podermos cuidar dos outros. Volto a reforçar: precisamos estar unidos.

Termino dizendo que, na qualidade de presidente do Fórum Turismo, entidade que tem prestado apoio às empresas no momento de contratação e recrutamento, iremos continuar a fazer o nosso trabalho o melhor que conseguimos e sabemos, para fazermos a nossa parte do puzzle e contribuirmos para ajudar a levantar o setor do turismo, tornando-o ainda mais forte, eficaz e muito provavelmente diferente em algumas áreas. Nomeadamente na informação prestada a cada visitante.

Para quem procura uma oportunidade no setor, em breve será apresentado um conjunto de desafios. Este momento de pausa é muito importante para investir no reforço da formação por exemplo, de forma a dotar os profissionais de turismo de mais e melhores competências para os enfrentarem e agirem face ao grande desafio dos próximos tempos. O mercado irá novamente e nesse momento os empregadores vão recrutar certamente os mais qualificados.

O conhecimento e experiência fruto de um passado de sucesso unidos com a melhor formação, trarão o sucesso do setor turístico.

União é as palavra chave dos próximos anos!

* A opinião foi solicitada por Ambitur.pt no âmbito de um conjunto de artigos que estamos a elaborar com empresários e responsáveis do setor sobre a atual situação que o país/mundo vive no âmbito do Covid-19.