Opinião by Luisa Amorim: E depois da Crise?

Opinião by Luisa Amorim: E depois da Crise?

Categoria Advisor, Opinião

Luisa Amorim, CEO da Quinta Nova

 

“A Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo foi das primeiras unidades de enoturismo no Douro, abriu as suas portas em 2005, faz este ano 15 anos. Os anos passaram e fomos construindo um nome, uma marca, um destino que assumiu um lugar especial nos últimos anos sobretudo no mercado externo e pouco a pouco apresentamos um excelente desempenho ao longo dos anos mas nunca assistimos a uma realidade destas.

O Douro como destino turístico é mais ou menos recente e explodiu num curto espaço de tempo, pela ligação histórica ao vinho, pelo turismo de natureza e sobretudo num contexto internacional ter ganho o seu devido palco.

Toda esta situação veio abalar os nossos planos que íamos comemorar os nossos 15 anos de enoturismo com a reabertura do nosso hotel com nova decoração restyle total. O mundo pós Covid nunca mais será igual, mas é uma realidade que não é só nossa, mas de todo o setor do turismo, não apenas o Douro como Portugal inteiro.

A situação atual passa por salvar vidas, procurando uma vacina e fazer com que a economia não assista a uma recessão sem precedentes que poderá levar anos a erguer! Exemplo, são as receitas que todos perdemos nos últimos dias, meses, estas já são irrecuperáveis.

O depois da crise passa por uma reflexão profunda, atual e imediata, e ninguém tem a receita milagrosa. Tem de existir desde logo uma capacidade de adaptação às novas circunstâncias. É fundamental, a recuperação da confiança para viajar, as pessoas terão de sentir segurança na escolha do destino. Consideramos que a procura vai alterar e temos de ter uma oferta adaptada às novas tendências. As redes hoteleiras terão de adaptar os seus recursos para comunicar confiança e oferecer garantias na escolha do destino turístico – terá de existir quase que um manual de boas-praticas requalificando os espaços, as pessoas, para uma nova realidade. Na Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo já estamos a trabalhar no cenário de reabertura dos nossos espaços, hotel, restaurante e visitas- a nossa oferta é sobretudo relacionada com a natureza, com os vinhos e com uma cultura local, associado ao luxo da vida que é o de apreciar as coisas simples da vida com qualidade- e essa visão não vai mudar. Vamos ter estadias mais longas, em sítios mais calmos, em locais pequenos e recatados. Remodelamos também o nosso website e quem reservar connosco, vai procurar uma boa experiência em torno do vinho, da boa gastronomia, dos passeios de barco ou até mesmo de um passeio a pé ou experienciar um piquenique ao ar livre.  A beleza e tranquilidade que o Vale do Douro oferece será sem dúvida uma mais valia para quem quer remarcar as suas férias, assim esperamos que assim seja!”

* A opinião foi solicitada por Ambitur.pt no âmbito de um conjunto de artigos que estamos a elaborar com empresários e responsáveis do setor sobre a atual situação que o país/mundo vive no âmbito da Covid-19.