Parlamento europeu apoia aumento da burocracia e dos custos para os passageiros

Parlamento europeu apoia aumento da burocracia e dos custos para os passageiros

Categoria Business, Transportes

Os membros do Parlamento Europeu votaram hoje no sentido de aumentar a burocracia e os custos para os passageiros através de emendas introduzidas ao Regulamento Básico da Agência Europeia para a Segurança da Aviação(AESA), de acordo com um comunicado divulgado pela A4E – Airlines for Europe, nova associação de companhias aéreas europeias.

“É frustrante que os membros do Parlamento Europeu tenham ignorado na sua maioria a experiência da indústria da aviação e tenham votado no sentido de apoiar a burocracia e custos mais elevados para os passageiros. As emendas aprovadas hoje não vão melhorar os padrões de segurança de modo algum mas vão aumentar a fatura paga pelos passageiros para financiar a burocracia”, sublinha Thomas Reynaert, diretor geral da A4E.

E acrescenta que “a rejeição da proposta da Comissão de agilizar o processo de aprovação de leasing de aviões no caso de circunstâncias imprevistas irá prejudicar a capacidade das companhias aéreas proporcionarem uma assistência mais célere e eficaz aos clientes quando houver perturbações. Estamos a fazer o nosso melhor para fazermos face às necessidades dos nossos passageiros, e os membros do Parlamento Europeu simplemente recusam levantar obstáculos administrativos desnecessários”.

Outras áreas que merecem a preocupação da A4E incluem a transferência não-transparente das taxas de navegação aérea para financiar a AESA.

“A segurança é o nosso objetivo prioritário e continuaremos a empenhar-nos inteiramente durante a próxima fase do processo legislativo. É contudo essencial que a nossa elevada experiência operacional e conhecimentos sejam tidos em consideração para melhorar os níveis de segurança e que os passageiros não sejam obrigados a suportar os custos”, conclui Reynaert.